Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Sexo oral à la carte

lips-mouth-saliva-tongue-2525380-1920x1200.jpg

 

"Dar um linguado"… nos lábios vaginais. Peça ao seu mais-que-tudo que repita "em baixo" exatamente o mesmo que faz com a sua boca…

 

Dentadinhas de amor - com muito cuidado para não aleijar, umas dentadinhas aqui e ali – ao de leve – podem surtir resultados inesperados.

 

"Cornetto de amor" - peça-lhe que imagine que está a comer um cornetto e que a sua língua reproduza os mesmos movimentos de quando está a lamber o fundo do cone de bolacha…

 

Variações de ritmo - quer seja ao lamber, quer seja ao chupar, as diferenças de intensidade e de ritmo provocam espasmos de prazer.

 

Quente e frio - soprar ar quente, afastar-se da entrada da vagina e soprar ar frio.

 

Borboletas e esquimós - o leve roçar das pestanas dele e os famosos "beijos de esquimó" – em que o nariz esfrega levemente a pele – causam calafrios muito agradáveis. Com a língua, entra e sai da vagina ou da parte interior dos lábios, "penetrando-a".

Receitas afrodisíacas para cada signo: Gémeos, Balança e Aquário

Alimentos-Broxantes-x-Alimentos-Afrodisíacos-6---

 

Ponha uma mesa com requinte, coloque um castiçal ou dois com velas douradas, faça um centro de mesa com flores brancas e douradas junto destas coloque o seu cristal protetor, para que este lhe traga um ano cheio de saúde, amor e sucesso. Use uma lingerie, o mais atrevida possível, de cor dourado. Se quiser vestir-se, vista-se!

 

Entrada

Camarão sempre em pé

Ingredientes

10 camarões grandes descascados

½ chávena de vinho branco

½ folha de louro

1 pedacinho de casca de limão e sal

Maionese caseira

Preparação

Coza os camarões no vinho com o louro, o sal e o limão, durante 10 minutos em lume brando. Retire-os e deixe-os arrefecer. Sirva-os temperados com a maionese.

 

Sopa

Cebolas pornográficas

Ingredientes

2  chávenas de caldo de carne

2 cebolas picadas

1 pitada de cravinho em pó

1 pitada de açúcar

1 colher de sopa de óleo vegetal

4 colheres de sopa de queijo gruyère ou parmesão ralado

2 fatias de pão torrado

Preparação

Frite as cebolas em azeite até alourarem, acrescente o caldo e os restantes ingredientes menos o queijo e o pão, deixe cozer durante 10 minutos. Coloque em cada tigela uma fatia de pão e deite por cima o caldo a ferver, polvilhe agora com o queijo e leve ao forno durante 10 minutos.

 

Prato principal

Lulas excitadas

Ingredientes

4 lulas grandes

½ chávena de espinafres cozidos

½ de camarões cozidos

½ de leite

2 fatias de pão sem côdea

1 gema

3 colheres de sopa de óleo

2 colheres de sopa de manteiga

1 colher de sopa de cebola picada

1 alho esmagado

1 pitada de noz-moscada

sal e pimenta

Preparação

Coloque o pão de molho no leite. Coloque uma frigideira com o azeite ao lume e frite a cebola com o alho, sal, noz-moscada, a pimenta e os espinafres. Acrescente o pão bem esmagado e a gema e mexa muito bem, junte agora os camarões picados e a manteiga. Deixe apurar durante 5 minutos, sempre mexendo até obter uma pasta. Agora recheie as lulas com essa pasta que obteve e feche-as com um palito. Frite as lulas em óleo bem quente, coloque-as numa travessa e enfeite-a com rodelas de tomate.

 

Sobremesa

Figos flamejados ao rum

Ingredientes

8 figos grandes maduros e rijos

3 cálices de rum

1 colher de sobremesa bem cheia de manteiga

2 colheres de sopa cheias de açúcar

Preparação

Lave muito bem os figos com água morna, escorra-os muito bem e ponha-os num pirex que possa ir ao forno e à mesa. Salpique os figos com três colheres de sopa de água morna. Polvilhe com o açúcar e nozinhas de manteiga. Leve ao forno (médio) durante cerca 25 a 30 minutos. Retire-os do forno, aqueça um pouco o rum, deite sobre os figos e puxe fogo. Sirva imediatamente os figos em chama.

Perdi o amor da minha vida!

happily_married_couples.jpg

 

"Tive uma relação que durou 10 anos com um rapaz. Namorámos durante 9 anos e acabámos por decidir viver juntos, mas a partir do momento em que isso aconteceu comecei a sentir-me tão confusa que acabei por sair de casa e envolvi-me com outras pessoas. O problema é que agora já passou um ano e não consigo esquecê-lo, sinto que perdi o amor da minha vida e não sei o que hei-de fazer para o recuperar."

Rafaela - Sintra

 

Cara leitora,

Por vezes depois de vários anos de relacionamento alguns casais sentem que a relação entrou na monotonia e decidem separar-se, porém passados alguns meses as pessoas apercebem-se de que cometeram um erro e querem uma reconciliação. No entanto, reiniciar um relacionamento nem sempre é fácil, pois muitas vezes a separação vem acompanhada de bastante dor e ressentimento. A leitora atravessou um período de dúvidas e em que sentiu necessidade de explorar outras possibilidades, precipitou-se e terminou o namoro com o seu companheiro. Agora quer que ele volte para si, mas por ter ficado magoado ele pode não querer considerar a hipótese de uma reconciliação. Compreenda que ao acabar a relação magoou bastante o seu ex-companheiro e é natural que ele agora se sinta relutante em aceitá-la de volta. Tenha calma e a pouco e pouco tente ganhar a confiança e afeto dele, mas não crie demasiadas expetativas. Aposte na amizade em primeiro lugar, só o tempo poderá dizer se o seu ex-companheiro a aceita de volta ou não.

Regras de ouro para manter acesa a sua relação

Enamorados.jpg

 

1 – O trabalho fica à porta

Se o seu dia foi péssimo, se o seu patrão não a tratou como devia ou se não está a ser os resultados que desejava, pense nisto – evitar a relação com o seu par porque está preocupada com o trabalho não vai melhorar em nada a situação no trabalho e só vai contribuir para lhe criar mais um problema – o da sua relação. Assim, é fundamental aprender a desligar pura e simplesmente, para que as questões profissionais não se sobreponham à vida pessoal. Habitue-se a dar um passeio sozinha antes de ir para casa, pratique desporto ou prepare de vez em quando um banho de imersão quando chega, antes de estar com o seu par. Sair do trabalho para se ir enfiar numa fila de supermercado só aumenta a sua tensão e irritação, por isso organize o seu tempo para que na maior parte dos dias esteja já tranquila quando chega ao pé do seu par. Falar sobre o seu dia e contar como anda o trabalho é salutar para qualquer relação, mas deixa de o ser quando assume uma dimensão desproporcional e se sobrepõe aos afetos e à vida íntima do casal.

 

Uma boa forma de conseguir que o trabalho não avassale a intimidade consiste em fazer uma escapadinha romântica de vez em quando. Não precisa de gastar muito dinheiro nem de ir muito longe, por vezes a própria excitação de ir com o seu marido para um motel traz à relação um gosto novo a algo "proibido", que é o bastante para trazer uma dinâmica renovada à relação.

 

Dicas:

- Instituam um "castigo": sempre que um dos dois falar a mais de trabalho terá de compensar o outro com carícias e massagens.

- Deixe-lhe um recado no chuveiro: "vem aqui ter comigo quando saíres do trabalho!"

- A meio do dia, vá à casa de banho e tire uma foto sensual com o telemóvel, a uma parte do seu corpo de que ele goste especialmente, e envie-lha com uma mensagem provocante. Quando ele a receber no trabalho ficará surpreendido e isso atiçará a sua vontade de estar consigo.

- Comece o fim de semana com um pequeno-almoço na cama, sem pressas.

 

2 – O amor precisa de ser…. regado

Quando namoravam faziam surpresas românticas um ao outro, ele oferecia-lhe flores, você comprava aquela lingerie sexy e esperava que ele chegasse para preparar "aquele" clima. Depois foram viver juntos e… tudo se perdeu. A banalização do romance acaba por matá-lo, pois a paixão também precisa de estímulos constantes para se manter viva. Assim, dê o primeiro passo e diga ao seu amado como se sente feliz quando ele é atencioso consigo, mostrando-se disposta a satisfazer os seus desejos. Escreva-lhe um bilhete onde lhe diz aquilo que adora nele. Beije-o… só porque sim. Quando for sair com ele e com outras pessoas, mande-lhe uma mensagem provocante e desafie-o para ir ter consigo à casa de banho. Prepare-lhe um jantar especial. Revejam juntos as fotos do início do namoro.

 

3 – Dar um novo impulso à vida sexual

Quando o sexo deixa de ser uma novidade, quando já sabem o que excita o outro e parecem seguir um guião pré-definido… o sexo tornou-se "baunilha", isto é, ganhou aquele sabor que é bom… mas não é nada de especial. A única forma de contrariar esta tendência é acrescentar um ou outro “topping” especial de vez em quando. Para o fazer, diversifique as posições e as carícias e criem um espaço e tempo para falarem de sexo. Diga-lhe o que mais gosta, faça-lhe perguntas a ele, conversem sobre as fantasias mais ousadas que têm e pensem em pô-las em prática. Na cama, conduza-o a tocar-lhe exatamente naqueles pontos que a levam ao êxtase. Experimentem passar um dia inteiro na cama, entregues ao corpo um do outro. Encomende comida e peça que lha vão entregar, para que não tenham de preocupar-se com nada. Em vez de achar que já não têm segredos um para o outro, procure encarar o seu companheiro como alguém que conheceu recentemente, e dediquem-se a explorar o corpo um do outro como se fosse uma nova relação.

 

Dicas:

- Nos preliminares, experimentem acariciar-se com penas e cubos de gelo, e brincar com sopros sobre a pele um do outro.

- Faça um desenho numa parte do seu corpo – ou escreva a resposta para algo que ele deseja saber – e faça-o procurá-la.

- Quando ele estiver a trabalhar em casa, leve o seu computador para outra divisão da casa, meta conversa com ele no skype e comece a fazer-lhe um striptease pela webcam.

 

4 - Troque as voltas à rotina

Ao fim de alguns meses, ou anos, de convivência, é normal que haja rotinas instauradas, hábitos que cumprem todos os dias ou semanalmente, como irem jantar àquele "vosso" restaurante à sexta-feira, almoçarem na casa dos pais dele ao domingo ou convidarem "aqueles" amigos para sair. Apesar de ser saudável a partilha de atividades, é essencial deixar de parte os comportamentos repetidos, que acabam por retirar o prazer de tudo o que se faz. Assim, habituem-se a fazer coisas em separado, pois quando se encontrarem terão muito mais para conversar e partilhar. Faça uma lista de coisas que não faz e que gostava de fazer, sozinha, com as amigas, com a sua irmã… sem ele! Assim, terá mais para lhe ensinar, e ele a si. Em vez de irem sempre ao sítio do costume, procurem novos restaurantes, cafés diferentes… estabeleçam a regra de descobrirem lugares novos quando saem. Desafiem-se um ao outro para fazerem algo que ambos sempre desejaram mas que nunca se decidiram a pôr em prática, como andar de balão ou fazer mergulho.

 

5 – Vestida para… reconquistar

É fatal como o destino: a partir de alguns meses de relação deixa de se preocupar se tem a depilação feita, se o verniz das unhas está lascado, se a camisola combina com as calças… e ele também já não lhe faz elogios quando usa um decote mais generoso nem repara se muda de penteado. Com o passar dos dias, esta banalização acaba por destruir o romance. Assim, é urgente recuperar o clima de sedução que existia nos primeiros tempos de namoro. Como?

- Peça-lhe que lhe ofereça uma lingerie sexy.

- Faça uma depilação diferente nas virilhas.

- Cole um post-it no frasco da compota a dizer "Lambuza-me e abusa".

- Vestir-se para jantar com ele como se fosse o vosso primeiro encontro.

- Olhá-lo fixamente até ele lhe perguntar porque é que o está a fazer, e então diga-lhe: "continuas a ser um pão!"

- Voltar a ter os mesmos cuidados que tinha quando se conheceram, evitar comer cebola quando estão num jantar romântico, não besuntar a cara com creme antes de se irem deitar, etc.…

 

6 – Voltar a fazer dele uma prioridade na sua vida

Lembra-se quando não se poupava a esforços para o ver, independentemente do que tinha para fazer? O que mudou entretanto? Ao passar a tomá-lo como um dado adquirido na sua vida isso fez com que deixasse de o ver com aquela aura de excitação que lhe provocava borboletas no estômago, e que é vital para a saúde de qualquer relação. Tenha presente que os nossos pensamentos se convertem em ações, que por sua vez criam aquilo que temos na nossa vida. Assim, se procurar reviver as sensações que tinha no início do namoro isso fará com que a sua mente volte a estar em sintonia com as emoções desse tempo, trazendo-as de volta à sua vida. O preço de por um relacionamento em segundo plano, por causa de exigências profissionais ou domésticas, pode ser muito mais alto do que imagina, por isso não arrisque. Retome o seu comportamento inicial com ele, e sobretudo volte a encará-lo como "aquela" pessoa que você tem de ver… custe o que custar.

 

7 – Elogiá-lo

Sentir que é especial, único e importante, faz com que qualquer homem se sinta o melhor à face da Terra, o que por sua vez cria nele os mesmos sentimentos para consigo. Pense com franqueza: "há quanto tempo não o elogia quando fala dele às suas amigas?" Provavelmente quando o conheceu não se cansava de lhe gabar as qualidades e de as enumerar a todas as pessoas à sua volta… depois que casaram, contudo, aproveita a mínima oportunidade para se queixar dele à sua mãe, à sua prima, à irmã dele… está na altura de parar esse comportamento e de inverter essa tendência! Faça-lhe elogios a ele diretamente e fale bem dele às pessoas com quem lida diariamente, e verá como isso opera grandes mudanças na relação. Se sente que ele também não a valoriza, fale sinceramente com ele, sem queixumes nem recriminações, mas para que ele perceba o que você sente, pois se não a sabe valorizar… algo precisa de ser mudado, e já.

 

8 – Todos os dias são bons para amar… e fazer amor

No início da relação qualquer momento era bom para fazerem amor, em qualquer sítio e a qualquer hora. Entretanto, com a habituação e a rotina o sexo acaba por ser desvalorizado, relegado para segundo ou terceiro plano… Lembre-se que intimidade partilhada através do sexo é uma das ligações mais fortes num casal. Vai deixá-la perder-se?

Namoro com dois homens ao mesmo tempo!

MAT-1_0051front.jpg

 

"Envolvi-me com um rapaz há cerca de três meses, e na altura já tinha outro namorado. Neste momento continuo com os dois, embora não me interesse verdadeiramente por nenhum deles, mas fazem-me sentir bem comigo mesma!"

Sofis - Alenquer

 

Cara leitora,

As relações que mantém em simultâneo não têm qualquer tipo de significado para si. De facto, a leitora salienta na sua carta que é apenas por uma questão de bem estar e para alimentar o seu ego. Lembre-se que por se querer sentir bem consigo própria está a enganar duas pessoas com a sua atitude egoísta. Além do mais, não nutre qualquer afetividade por nenhum dos dois. Uma coisa é estar dividida entre dois homens, outra coisa é estar com eles apenas para obter satisfação sexual. É importante que pense seriamente sobre este assunto, pois poderá estar a pôr em causa a reputação de duas pessoas que, no meio disto tudo, são inocentes.

Adopte uma atitude mais honesta e responsável, e se achar necessário, procure a ajuda de um especialista que a possa apoiar psicologicamente.

Receitas afrodisíacas para cada signo: Carneiro, Leão e Sagitário

filetescomcamarc3a3o.jpg

 

Ponha uma mesa com requinte, coloque um castiçal ou dois com velas bordeaux, faça um centro de mesa com flores brancas e bordeaux junto destas coloque o seu cristal protetor, para que este lhe traga um ano cheio de saúde, amor e sucesso. Use uma lingerie, o mais atrevida possível, de cor bordeaux. Se quiser vestir-se, vista-se!

 

Entrada

Batatas Viagra

Ingredientes

8 batatas

3 ovos cozidos

2 colheres de sopa de natas

1 chávena de café de sumo de limão

1 chávena de café de óleo vegetal

1 cebola ralada

1/2 colher de chá de mostarda

2 pimentos verdes picantes

1 dente de alho esmagado

1 colher de sopa de salsa picada

3 tomates maduros

sal, azeite e pimenta

Preparação

Coza as batatas e os ovos, esmague as batatas antes destas arrefecerem e corte os ovos em quatro partes. Junte numa frigideira o azeite com o sumo de limão, as natas, a cebola, o alho , a mostarda, os pimentos, sal e pimenta q.b., e deixe refogar um pouquinho. Agora deite esse molho sobre as batatas esmagadas e misture bem. Coloque essa mistura num pirex, enfeite com os ovos e os tomates cortados às rodelas já temperados. Agora esta apetitosa entrada está pronta para ir para a mesa. 

 

Sopa

Cenouras saltitantes

Ingredientes

2 cenouras

1 chávena de sumo de laranja

1 colher de sopa de mel

4 colheres de sopa de natas

1 cravinho

1 pau de canela

½ colher de chá de gengibre

1 colher de café de noz-moscada

sal, pimenta q.b.

Preparação

Coloque uma panela ao lume a ferver com todos os ingredientes menos o mel e as natas, e deixe cozer durante 15 minutos. De seguida triture todos os ingredientes. Ligue novamente o lume e junte a esse caldo o mel e as natas, não deixe ferver. A sua sopa está agora pronta a ser servida.

 

Prato principal

Filetes de linguado com molho branco

Ingredientes

1 kg de filetes de linguado;

sal q.b.;

sumo de 2 limões;

2 colheres de sopa de manteiga.

Para o molho branco

4 dl de leite completo;

2 colheres de sopa de alcaparras;

2 colheres de sopa rasas de farinha;

1 pacote de natas.

Preparação

Tempere os filetes com o sumo de limão e um pouco de sal. Deixe tomar gosto por 30 minutos. Com uma colher de manteiga barre muito bem um pirex e, coloque o peixe, com a outra colher de manteiga faça nozinhas e distríbua sobre os filetes, leve ao forno por +/- 30 minutos, regando o peixe com o próprio molho. Entretanto leve ao lume num tachinho a manteiga a derreter, junte a farinha mexa bem sem deixar queimar. Adicione o leite misturado com as natas e mexa até engrossar. Retire o peixe do forno. Misture as alcaparras ao molho branco e verta sobre o peixe. Polvilhe com um pouco de queijo ralado (fac.) e leve ao forno a gratinar. Sirva com arroz branco solto e uma salada verde.

 

Sobremesa

Bavaroise tântrico

Ingredientes

3 claras

½ chávena de açúcar

½ de água

3 colheres de chá de gelatina em pó

½ chávena de natas batidas espessas

1 chávena pequena de café concentrado

1 colher de sopa de chocolate negro

 essência de baunilha e rum

Preparação

Faça um caldo com água, açúcar e umas gotas de essência de baunilha e rum. Bata as claras em castelo. Deite agora pouco a pouco o caldo nas claras e bata suavemente até arrefecer. Desfaça a gelatina no café e chocolate quente. Deite agora este molho por cima das claras, acrescente as natas e mexa suavemente. Coloque, em taças individuas, e leve ao congelador. É servida como um gelado, se quiser pode desenformar.

Estou arrependida de ter ido para a cama com ele!

o-CASUAL-SEX-facebook.jpg

 

"Tenho 26 anos e não tenho namorado há já algum tempo. Aqui há tempos conheci um rapaz na internet e quando nos conhecemos pessoalmente acabei por ter relações sexuais com ele. No entanto, no dia seguinte fiquei a sentir-me mal por isso, e agora estou arrependida de ter ido para a cama com ele. Será normal sentir-me assim? É frequente acontecer?"

Ana - Leiria

 

Cara leitora,

Não é a primeira nem a única pessoa a quem este tipo de reação sucede. Muitas pessoas acabam por sentir uma dualidade de emoções relativamente às escolhas sexuais que fazem e às atitudes que tomam. Embora o sexo seja algo excitante e que provoca adrenalina e emoção, as coisas nem sempre correm como o esperado e pode haver um gosto "agridoce" no fim, causando sensações de confusão e arrependimento. Para que possa compreender a razão para se sentir assim terá de entender as causas para que tal lhe tenha sucedido. Que tipo de sentimento a liga a este homem? Pode estar emocionalmente envolvida e sentir da parte dele frieza, que a leva a arrepender-se, ou pode suceder o contrário, tendo tido excitação sexual que a levou a envolver-se com ele mas, por não ter tido uma conexão emocional, sentir que foi uma experiência vazia e que não lhe trouxe satisfação por si só. Para algumas pessoas o sexo ocasional com parceiros com quem não tem uma ligação afetiva é uma experiência positiva, mas outras pessoas precisam que haja um envolvimento emocional para poderem ter prazer na experiência física. Tente compreender aquilo que lhe traz satisfação a si, assim como o que espera da ligação com este homem com quem se envolveu, e conversar com ele, se assim o entender, para que possam ter uma relação que traga momentos de felicidade em vez de arrependimento. É importante esclarecer, também, se fez sexo com ele porque tinha efetivamente vontade de o fazer, ou se o fez apenas para lhe agradar a ele, sem que você se sentisse preparada para ter um contato tão íntimo logo no primeiro encontro.

O que é o "fisting"?

top Kissing wallpaper hd 2013.jpg

 

"Sou lésbica e não tive muitas experiências sexuais, mas gostaria de vir a ter. Tenho procurado informação na Internet e em revistas e ouvi falar sobre o fisting, mas não sei exatamente de que se trata ou como seu faz. Pode esclarecer-me?"

Filipa - Sacavém

 

Cara leitora,

A técnica do fisting, que tanto pode ser utilizada entre mulheres como numa relação heterossexual, não é geralmente explicada mesmo quando se abordam as questões relativas às técnicas sexuais. O fisting consiste em introduzir toda a mão dentro da vagina ou do ânus da parceira/(o), e aqueles que são adeptos desta técnica consideram que traz sensações de prazer muito intensas para ambos os parceiros. Há que ter em conta, contudo, que existem riscos envolvidos, pois embora possa proporcionar um prazer muito intenso também causa dor e pode danificar os tecidos da pele. Nesta técnica é fundamental que haja comunicação e confiança mútua, descontração e muito lubrificante. As unhas devem estar cortadas e limpas, sendo aconselhável usar uma luva de látex, bem lubrificada, na mão que é introduzida. Além de o látex tornar a entrada mais suave, funciona como uma barreira de protecção que impede a transmissão de doenças. No caso de fisting vaginal, deve ser utilizado um lubrificante à base de água porque não irrita a pele, no caso de anal pode ser um lubrificante mais oleoso o à base de silicone, para que seja mais duradouro. Embora os lubrificantes oleosos danifiquem o látex as luvas são mais resistentes do que os preservativos. Antes de por esta técnica em prática é fundamental que ambos os parceiros estejam absolutamente descontraídos, e a pessoa que penetra a outra deve começar suavemente por introduzir os dedos, gradualmente e sem pressas. Quando os dedos estiverem introduzidos, devem enrolar suavemente até o punho fechar, enquanto a mão é introduzida também. Quando toda a mão estiver dentro da vagina ou do ânus, a pessoa que faz a penetração pode abri-la e fechá-la suavemente, como se estivesse a apertar uma bola antistress, para estimular a outra pessoa. Durante todo este processo é fundamental que haja uma boa comunicação entre os parceiros para evitar a dor, e tudo deve ser feito com calma e muita suavidade.

Receitas afrodisíacas para cada signo: Touro, Virgem e Capricórnio

camarc3a3o-surubim.jpg

 

Os nossos gostos têm muito a ver com a nossa personalidade e também com a influência que os astros nos passaram no momento do nosso nascimento. É por isso mesmo que nem todas as pessoas se sentem atraídas pelas mesma situações. Conheça as receitas afrodisíacas indicadas para cada um dos signos, consoante o seu elemento.

 

Para signos de Terra: Touro, Virgem e Capricórnio

Ponha uma mesa com requinte, coloque um castiçal ou dois com velas brancas, faça um centro de mesa com varias qualidades de flores brancas junto destas coloque o seu cristal protector, para que este lhe traga um ano cheio de Saúde, Amor e Sucesso.

Use uma lingerie, o mais atrevida possível, de cor preta. Se quiser vestir-se, vista-se!

 

Entrada

Camarões picantes

Ingredientes

12 gambas

200g de manteiga

3 dentes de alho esmagados

3 malaguetas

1 colher-de-sopa de sumo de limão

Sal e pimenta q.b.

Preparação

Corte as gambas ao meio, no sentido do comprimento. Mas não separe as gambas em metades. Apenas dê golpes fundos nas "costas" das gambas.Tempere as gambas com sal e pimenta.Leve ao lume a alourar com 150g de manteiga, o alho esmagado e as malaguetas.Quando as gambas estiverem bem alouradas, retire do lume e regue-as com o sumo de limão.Sirva as gambas com o arroz e o molho das gambas.

 

Sopa

Caldo de legumes escaldante

Ingredientes

2 alhos francês cortado as rodelas               

2 cebolas cortadas ao meio

6 dentes de alho cortadas aos bocados

4 cenouras em rodelas.

3 colheres de sopa de cogumelos

1 tomate cortado ao meio

2 pimentos cortados ao meio

1 pitada de sal

Preparação

Coza os legumes todos e passe-os bem, depois coloque os cogumelos e sal ao gosto deixando ferver muito bem. 

Se preferir também pode passar os cogumelos no fim.

 

Prato principal

Bifes angélicos de frango luminoso

Ingredientes

6 bifes de frango

1 chávena de cerveja

½ copo de água

2 cenouras médias

1 lata pequena de tomate de calda

3 colheres de amendoim inteiro

2 colheres passas

1 folha de louro

2 dentes de alho esmagado

1 cebola cortada às rodelas

sal e pimenta ao seu gosto

Preparação

Num tacho misture cerveja, folha de louro, cebola e o alho esmagado até ferver, coloque o tomate a cenoura cortada às rodelas e a água. Quando ferver retire a folha de louro e coloque os bifes, sal e pimenta. Só depois de apagar o lume é que coloca o amendoim e as passas. Pode servir com arroz branco.

 

Sobremesa

Pêssegos eróticos

Ingredientes

1 lata de pêssego

2 paus de canela

2 colheres de chá de canela

3 colheres de açúcar amarelo

1 pitada de erva-doce

Preparação

Coza o pêssego em pouca água com os paus de canela, antes de passar na varinha retire-os, e leve a lume brando com todos os ingredientes sem a canela, deixando ferver. Depois de arrefecer enfeite com a canela.

Vida de casal: não tenho vontade de fazer amor!

l-art-d-aimer-l-art-d-aimer-the-art-of-love-23-11-

 

A rotina é, sem dúvida, um dos maiores inimigos de qualquer relacionamento. Enquanto que nos primeiros tempos da  todo o tempo que passavam juntos parecia pouco e qualquer toque ou olhar desencadeava um incêndio que os levava para os braços um do outro, com o tempo e a habituação a excitação da novidade apaga-se. Se a isso juntarmos as exigências do dia a dia, as discussões a respeito de quem lava a louça ou vai buscar os filhos à escola e as pressões a que cada um dos dois é submetido no local de trabalho, é fácil de compreender porque é que a vida sexual se torna um problema silencioso para tantos casais.

 

Passamos mais tempo a trabalhar e a responder aos desafios e exigências profissionais do que a sós com quem amamos. Por outro lado, qualquer pessoa, por mais apaixonada que esteja, precisa de ter tempo para si e para sentir saudades do seu mais-que-tudo. Aquilo de que muitas vezes não nos damos conta, no entanto, é que ao afastarmo-nos no dia a dia isso cria um fosso também na nossa vida sexual, afastando-nos. 


Por outro lado, é fundamental ter presente que se perder o contato com a sua própria sexualidade isso irá necessariamente afastá-la do seu par. Limitar-se a cumprir as suas obrigações enquanto mãe e profissional, esquecendo-se que também é mulher, com desejos e vontades, faz com que essa parte do seu ser e da sua vida vá ficando entorpecida. A partir daí, muitas mulheres deixam de sentir prazer na relação sexual, porque não se permitem desfrutar dela com relaxamento e descontração, passando a evitar o seu parceiro.

 

A anorgasmia, uma disfunção de que já falámos, pode surgir então e impedir a mulher de ter orgasmos, ou dificultando-os. Como tal, isto faz com que a mulher ainda tenha maior tendência para evitar a relação sexual, pois sabe que não lhe será fácil chegar ao orgasmo, tornando o sexo algo penoso.

Pág. 1/3