Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Não quero que ele me contagie com o herpes.”

“Eu e o meu namorado adoramos fazer sexo mas neste momento ele tem herpes e eu não o quero apanhar. Ele disse-me que se fizermos sexo oral, o contágio não acontece. É verdade?”

Ana, Palmela

Cara Leitora,

Tem toda a razão em sentir-se preocupada com este assunto, uma vez que o herpes é uma doença sexualmente transmissível. Como tal, é necessário ter cuidados redobrados. O herpes é uma doença que dura toda a vida, pois fica incubado e quando existe uma fraqueza imunológica ela reaparece. Apesar do vírus do herpes poder ser transmitido a qualquer altura, este é mais contagioso aquando da existência de lesões na zona genital. Nessa altura não recomendo de forma alguma que tenha relações sexuais com o seu namorado nem mesmo com a utilização do preservativo. Quando não existe qualquer tipo de lesões, o herpes pode mesmo assim ser transmitido, mas as probabilidades são menores. Por isso, é importante que o seu namorado entenda a sua preocupação. Caso o seu namorado não fique satisfeito com a sua justificação, convide-o a procurar a ajuda de um médico para que possam aprender a forma mais segura de ter relações. Não se esqueçam da importância extrema do preservativo, pois este é indispensável para uma boa saúde, dado que ajuda a prevenir as DST (doenças sexualmente transmissíveis).