Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Disse-me que o maior desejo dele era fazer sexo em grupo!”

“Pensava que tinha uma vida sexual bastante satisfatória com o meu namorado, mas há pouco tempo ele confessou que o que mais gostaria de fazer a nível sexual seria ter relações em grupo. Sinceramente não tenho grande vontade de lhe satisfazer o desejo, mas não quero perdê-lo.”

 

Carla, Paços de
Ferreira

Cara leitora,

A prática de sexo em grupo é uma das fantasias mais comuns no mundo masculino. Segundo alguns teóricos, através desta prática o homem consegue mais facilmente provar a sua masculinidade, a sua virilidade e o seu poder. Mas pelo que me dá a entender, a leitora não se encontra muito receptiva
a ceder ao pedido do seu namorado. Porém, isto é algo que deve ser debatido entre o casal, pois apenas devem fazer aquilo que ambos têm vontade de fazer. A sexualidade não deve ser vista como algo obrigatório, antes pelo contrário, deve ser algo vivido através da cumplicidade. Esta prática geralmente não é tão empolgante ou excitante quanto os indivíduos inicialmente imaginam que seja, e pode causar bastantes conflitos a nível do relacionamento do casal, pois os ciúmes e desconfiança após o acto sexual são bastante comuns e podem destruir uma relação a pouco e pouco. Converse de uma forma objectiva com o seu namorado, mostre-lhe que respeita as suas fantasias mas peça-lhe também que respeite a sua vontade. Para que tudo dê certo na vida a dois é necessário respeito, compreensão e tolerância. Não ceda a nada que não deseja fazer, apenas com a
intenção de não perder quem ama. Se ele também gosta de si, então certamente respeitará a sua vontade.