Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Masturbo-me com muita frequência…”

“Estou a ficar preocupado, pois acho que estou a ficar viciado em masturbação. Sinto uma vontade incontrolável de me masturbar vezes sem conta. Será que estou doente?”

 

Manuel, Cartaxo

 

Caro Leitor,

O acto de masturbar foi durante muito tempo considerado comoalgo imoral e obsceno, daí que ainda tenha em muitas mentes uma conotação negativa. A masturbação é algo natural entre homens e mulheres, sendo uma forma de obter satisfação e prazer sexual, bem como de aliviar a tensão. Porém, para que essa prática possa ser algo salutar é importante que haja um ponto de equilíbrio, isto é, a frequência exagerada deste acto deve ser vista como um sinal de alerta. Existe um tipo de masturbação que é considerado fora do normal, como sendo uma patologia, que é a compulsão, ou seja, o indivíduo masturba-se desenfreadamente. Nestes casos, o aconselhamento e a ajuda por parte de pessoas especializadas é a hipótese mais viável. Na sua situação, caso considere necessário, aconselho-a a solicitar a ajuda de um técnico especializado em sexualidade para que possa saber realmente o que se passa consigo.