Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Não me sinto aceite pela minha família.”

“Tenho 27 anos e desde muito nova que percebi que sou lésbica. Gostava muito de apresentar a minha namorada e os meus amigos à minha família, mas como venho de uma família muito conservadora não me sinto à vontade para o fazer. Os meus irmãos já sabem e a reação deles foi fria, sei que no fundo me olham de forma diferente. Tenho algum receio da reação dos meus pais, se por um lado gostava de lhes contar por outro não seicomo o fazer.”

 

Teresa, Sintra

 

Cara leitora,

Compreendo que se deve sentir frustrada com a situação, uma vez que não pode ser autêntica e frontal quanto à sua vida pessoal com a sua família, acabando por não poder juntar as pessoas que são mais importantes na sua vida. Muitas vezes as pessoas acabam por discriminar aqueles que não compreendem, ou que são diferentes de si próprias. Também acontece, por outro lado, as próprias pessoas serem mais discriminatórias, julgando que não serão compreendidas ou aceites pelos outros quando na verdade a reação alheia é bastante melhor do que se esperava. Apesar de os seus irmãos terem reagido com frieza, tal não significa que as restantes pessoas da sua família o façam, mas se não lhes der a oportunidade de se manifestarem nunca o saberá. Por isso, apesar de ser difícil, tente falar do assunto com a sua família da forma mais natural possível, pois quanto mais a sua família tiver a oportunidade de conversar consigo, saber a forma como vive a sua vida privada e sentir que confia neles e que a sua reação a esse assunto é importante para si, mais fácil será da parte deles aceitarem que tem todo o direito a ser feliz, seja com quem for.