Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Sou aventureiro na cama, será que isso é mau?”

“Tenho 22 anos e sempre gostei de dinamizar a minha vida sexual e de experimentar posições novas, assim como de fazer amor em locais diferentes e em situações inesperadas. Conheci recentemente uma rapariga com quem comecei a namorar e por quem estou apaixonado, gostava de partilhar com ela os meus desejos mas tenho receio que isso a afugente. Será que ser aventureiro na cama é mau?”

 

João, Porto

Caro leitor,

A variedade nunca fez mal a ninguém, mas tudo tem um limite. Tudo depende de quão aventureiro você é, de com que frequência procura fazer coisas diferentes e, obviamente, da sua parceira, pois há mulheres que também são adeptas de novas experiências no campo sexual, aborrecendo-se facilmente com a rotina, enquanto outras preferem um estilo mais calmo e “tradicional”. O melhor, para esclarecer as suas dúvidas e evitar preocupar-se com algo que até pode nem ser um problema, é conversar com a sua parceira e ver o que ela pensa disso. A sua namorada pode ser uma mulher que goste de variedade, mas saiba que há mulheres que têm outras formas específicas de atingir o orgasmo e, por isso, necessitam de alguma consistência durante o acto sexual. Tenha isso em mente quando decidir arriscar novas aventuras na cama e fale sempre com a sua parceira para saber se ela está na mesma onda que você.