Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Fiz sexo oral desprotegido

true-oral-cancer-oral-sex.jpg

 

"Fiz sexo oral a duas pessoas diferentes com um intervalo de mais ou menos 3 meses. Recentemente conheci outra pessoa e beijámo-nos longamente. Passado um dia ou dois desse beijo comecei a sentir uma espécie de dor de garganta. Vi-me ao espelho e notei do lado direito da garganta aquelas bolhas tipo garganta inflamada. Tenho tomado pastilhas para a dor de garganta mas não passa. Será que contraí alguma doença sexualmente transmissível?"

Eva - Lisboa

 

Cara leitora,

Através do beijo não lhe devem ter transmitido mais que uma constipação ou gripe, com uma certa inflamação. O sexo oral pode realmente transmitir algumas infeções sexualmente transmissíveis, pelo que deve ir a uma consulta de planeamento familiar ou ao seu médico assistente com alguma urgência clarificar e fazer um diagnóstico rigoroso e presencial. Não adie esta questão de saúde, pois a falta de tratamento pode piorar em muito os sintomas de infeções. Lembre-se que também no sexo oral o preservativo a pode proteger de contrair infeções sexualmente transmissíveis e pode utilizar os que têm sabores, para ser mais agradável para si.    

Leve o seu homem à loucura

bedcouple1.jpg

 

- Acorde-o com carícias na nuca, passando os dedos pelo seu cabelo.

- Despeça-se sempre dele antes de saírem de casa, com um beijo demorado que o faça lembrar-se de si durante todo o dia.

- Surpreenda-o no banho, fazendo-lhe companhia.

- Acaricie-o de forma carinhosa e em situações triviais do dia a dia, como enquanto ele está a conduzir, quando estão no cinema ou na fila do supermercado. Passe os dedos pelo braço dele, pelo peito ou pela orelha, mostrando o quanto gosta dele.

- Quando saem com outras pessoas troque olhares com ele enquanto estão afastados, reforçando a cumplicidade entre vós. Envie-lhe uma mensagem "malandra" para o telemóvel, convidando-o a encontrar-se consigo às escondidas na casa-de-banho ou nas traseiras do bar.

- Faça amor com ele antes de irem dormir, com preliminares carinhosos que vão gradualmente aumentando de intensidade. Comece como uma gatinha carinhosa e termine como uma leoa selvagem.

- Vejam filmes eróticos juntos de vez em quando.

- Faça amor com ele com sapatos de salto agulha e use os saltos para o acariciar.

Beijos que enlouquecem

Conheça-os-30-Beijos-do-Kama-Sutra.jpg

 


Para que os beijos sejam o mais prazeiroso para o casal, ambos têm de mostrar um ao outro como gostam de ser beijados. Falem disso - a própria conversa já é excitante; beijem-se da maneira que gostam ser beijados; durante um beijo, pare e diga "Agora mostra-me como é o meu beijo"; se cada beijo já for muito bom diga-lhe, mostre que gostou.

 

Algumas técnicas podem ser úteis para si e para o alvo dos seus beijos
- Lábios apertados e fechados não se associam a paixão, se não lhe apetece dar um beijo, não dê, mas quando o fizer faça-o com emoção.
- Quando a boca entra em contato com a pele, deve sentir o lado de dentro dos lábios e não apenas o lado de fora. Veja a diferença na sua mão.
- Comece por introduzir a língua aos poucos e aumente a participação dela de beijo para beijo. Certifique-se que não está a pôr e a tirar a língua de fora tão depressa que pareça um pica-pau a picar a madeira – o que não é nada excitante.
- Beijar, morder ou lamber pode ser ótimo, mas é importante que seja feito devagar, a explorar cada centímetro do corpo como se fosse um tesouro.
- Faça de conta que acabou de lavar os dentes e passe a sua língua pelas gengivas e dentes como se estivesse a verificar se estão limpos e macios. Repare na reação do seu parceiro/parceira para perceber se este/a gosta.
- À medida que as coisas aquecem e forem passando à fase seguinte dos preliminares e da relação, a boca pode vaguear pelo corpo, mas lembre-se de voltar aos beijos nos lábios – uma grande sensualidade está mesmo aí.
- Vá devagar: gestos lentos e pensados, mesmo que um de vós queira apressar-se, levam a muita excitação. Não apresse nem deixe que apressem a vossa relação sexual.
 
Onde são os beijos mais excitantes?
Embora a excitação possa variar muito de pessoa para pessoa e observar bem seja essencial…Os locais mais excitantes são:
* Lóbulos das orelhas

* Umbigo (meter a língua ou chupar)

* Mamilos

* Dedos das mãos e dos pés

* A parte de trás dos joelhos

* A base do pescoço

* Debaixo do braço

* A curva das costas

* Qualquer área que ande coberta de roupas ou que lhe dêem um significado especial!

Guia de Beijos

beijo-de-l_1351086177071.jpg

 

A ideia de que os beijos são perfeitos é muitas vezes apenas um mito do cinema. À medida que duas pessoas se vão descobrindo e conhecendo os corpos uma da outra os beijos aprimoram-se, tornando-se muito mais intensos e cúmplices. Se um primeiro beijo não correr como imaginava, não desespere! Avance com empenho e paciência à descoberta da boca do seu par, pois a cumplicidade fará com que a harmonia seja cada vez maior.

 

Para saber quando avançar para o beijo, aproxime-se dele à medida que a conversa evolui. Sustenha o seu olhar durante períodos cada vez mais prolongados e, quando estiverem a sós ou numa situação em que ambos estão absolutamente confortáveis, vá aproximando gradualmente o seu rosto do dele. Toque-lhe ao de leve no braço, na mão, na perna ou mesmo no pescoço. Quando a conversa se encaminhar para um teor mais íntimo, baixe o tom de voz à medida que se aproxima. Incline o rosto suavemente enquanto os seus lábios se aproximam dos dele e prenda o seu olhar, entreabrindo suavemente os lábios, num momento de silêncio mais prolongado. Se ele não avançar para a beijar, tome a iniciativa!

 

Muitos homens acham extremamente excitante uma mulher que é capaz de tomar a iniciativa do primeiro beijo. Comece por encostar suavemente os seus lábios contra os dele, entreabrindo-os suavemente, à medida que vai "provando" os lábios dele com os seus, encostando a parte interior dos seus lábios, muito mais húmida, aos dele, e explorando o interior da boca dele com os lábios. Avance, cuidadosamente, com a ponta da língua, podendo percorrer os lábios com um toque suave, entrando depois suavemente no interior da boca, "brincando" com a ponta da língua dele e puxando-a, com muito cuidado e suavidade, para dentro da sua boca.