Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Ele quer tirar fotos de mim nua”

fantasia

 

O meu namorado faz muitas viagens de negócios, e ultimamente ele tem-me pedido para tirar fotos de mim nua para levar quando for viajar durante uns meses. Será que este comportamento é normal?…”

 

Cristina, Lagos

 

Cara leitora,

É natural e até positivo que ele queira levar recordações de si quando vai de viagem, pois dessa forma não vai recorrer a outros tipos de fantasias. Se se sente à vontade para deixar que lhe tirem fotos despida, vá em frente, mas antes de decidir, avalie o quão sólida é a vossa relação e o quanto confia no seu namorado, pois hoje em dia as fotos podem facilmente acabar por ir parar a uma página do Facebook, onde o mundo inteiro as pode ver. Pondere bem, pois um dia esta sua relação poderá acabar e estas fotos poderão vir a comprometê-la. 

Onde e como devo tocar-lhe?

 

 

Iniciei a minha vida sexual há pouco tempo e quando estou a fazer amor com o meu namorado fico nervosa porque não sei onde nem como devo tocar-lhe para o deixar mais excitado, pois sou inexperiente… pode ajudar-me? Onde é que os homens gostam de ser acariciados, e de que maneira?”

 

Teresa, Espinho

Cara leitora,

A descoberta da sexualidade e a exploração do corpo da pessoa amada é uma experiência maravilhosa e cada momento é inesquecível. Acima de tudo, e para além de qualquer regra sugerida por outros, dedique-se a conhecer o corpo do seu namorado em particular, estando atenta a todos os seus movimentos e à reação que cada gesto suscita nele. A pele possui um elevadíssimo potencial erógeno, sendo capaz de provocar desejo e excitação. Experimente acariciar com a ponta dos dedos, com os lábios, com a língua, com os seus seios e com qualquer outra parte do seu corpo as mais variadas partes do corpo dele. Pergunte-lhe se gosta, se prefere de outra forma. Não seja demasiado insistente, mas esteja sempre atenta ao feedback dele, à sua respiração, aos estremecimentos do seu corpo. Experimente acaricia-lo com o seu cabelo, se tem cabelo comprido, e varie o tipo de toques, alternando entre roçar ligeiramente e agarrar com firmeza, por exemplo. 

Aposte na nudez para manter acesa a chama do desejo

corpo.jpg

 

A experiência de dois corpos que dormem nus, abraçados, é extremamente íntima e reforça a cumplicidade de qualquer casal. Naquele momento em que o nosso consciente relaxa e nos entregamos ao sono, é especialmente reconfortante dormir com a pele colada ao calor de outro corpo, sentindo a respiração de alguém de quem gostamos de forma especial.

 

Esta partilha é, na verdade, muito mais íntima, sendo por essa razão que as pessoas que apenas procuram sexo casual têm geralmente dificuldade em dormir com a pessoa com quem tiveram relações sexuais, precisamente porque não pretendem um envolvimento emocional.

 

Num relacionamento de casal a experiência de dormir nus é importante para fortalecer os laços de união. No caso de sentir desconforto, usar uma camisa de noite de seda ou uma t-shirt fininha pode ajudar a melhorar este aspeto, mas evite os pijamas quentes que evitam qualquer contacto físico. Acordar e ver o parceiro nu desperta, por si só, também maior desejo e vontade de envolvimento.

 

 

Despir-se para si própria

Aprenda a estar em contato consigo própria e a gostar do seu corpo. Para tal, deverá cuidar dele, como o templo que é. Tenha maior cuidado com a alimentação que faz, descanse o tempo suficiente para poder sentir-se bem, não abuse do consumo de bebidas prejudiciais à sua saúde, como o álcool e o tabaco.

 

Se um copo de vinho ajuda a desinibir-se, quatro ou cinco fazem com que o seu cérebro se confunda e deixe de desfrutar realmente daquilo que está a fazer – e a viver – sendo também prejudicial para o seu próprio desempenho sexual e podendo por em risco a sua saúde.

 

Fazer desporto ajuda a aumentar a libido, pois o culto do corpo faz com que sinta maior apreciação por si própria e por outro lado liberta substancias que a fazem sentir-se mais confiante e positiva.

 

Crie o hábito de se ver nua ao espelho e, também, de andar nua pela casa. Comece por fazê-lo quando está sozinha, até que se torne um hábito, mas mantenha o aquecimento e as condições para se sentir confortável, pois o objetivo desta prática é habituar-se a viver a sua nudez como algo que é natural. Passe, depois, a andar pela casa na presença do seu par tendo apenas uma t-shirt – se for dele, será ainda mais excitante para os dois -, ou a roupa interior, e vá progressivamente habituando-se a estar completamente nua, tal como veio ao mundo.

“Ela tem vergonha de ficar nua à minha frente!”

 
“Não consigo perceber o motivo pelo qual a minha namorada não se sente à vontade para estar nua à minha frente. Será normal a reacção dela?”
 
Filomena, Mirandela
Cara Leitora,
 
O comportamento da sua namorada deve estar baseado em algo pessoal, por isso experimente ser sincera e directa e converse com ela a respeito desse assunto. Pergunte-lhe o porquê do seu comportamento pois só dessa forma a leitora a vai poder ajudar a ultrapassar esse problema. Talvez ela pense que tem uns quilinhos a mais ou se sinta pouco à vontade com a sua sexualidade, por isso a sua compreensão é imprescindível. Vá conversando com ela de forma a descobrir a melhor forma de conquistar a sua confiança. Comece por compor um ambiente romântico, relaxante e propício ao erotismo. Inicialmente, opte por um ambiente com pouca luz para que proporcione um pouco mais de à-vontade à sua namorada. Seja o mais meiga, atenciosa e dedicada possível, pois essa atitude, aliada a um ambiente excitante, poderá ser a solução para o seu problema.