Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Desejo que a minha namorada me domine!”

 

“Namoro há um ano e sempre quis que a minha namorada me dominasse na cama. Gostaria que ela fosse mais agressiva, mas não sei como pedir-lhe que faça isso, tenho medo que ela me ache depravado.”

 

Miguel, Seixal

 

Caro leitor

Não existe mal algum em gostar de ser dominado quando faz amor com a sua namorada desde que a prática seja inofensiva. Existem milhares de homens e mulheres que partilham da sua preferência, o que pode até ser o caso da sua namorada. Pessoas que optam pela prática sexual sadomasoquista estabelecem regras bem claras para que nenhum dos intervenientes se magoe. Qualquer prática sadomasoquista deve ser consensual, segura, e deve ser terminada assim que um dos intervenientes o deseje. Seja ousado e provoque a sua namorada, leve um lenço de seda para a cama e peça que ela lhe vende os olhos, ou lhe ate as mãos enquanto fazem amor. Fale durante o acto sexual e diga à sua namorada como quer que o toque, isso pode ser bastante excitante para ambos. Dessa forma com certeza que ela vai realizar os seus desejos.

 

“Ejaculo muito depressa…”

 

 

 

 

Terminei há três meses uma relação que durou seis anos, e os meus amigos não me dão descanso. Querem que eu conheça novas pessoas e estão sempre a insistir para ir com eles assistir a shows de striptease. Na verdade, recuso porque tenho vergonha de confessar que quando vejo uma bailarina a despir-se ejaculo muito rapidamente. Muitas vezes penso em consultar um especialista para ver se essa reacção é normal, mas sinto-me embaraçado.”

 

Paulo, Coimbra

 

Caro Leitor,

 

Não leve a mal o facto de os seus amigos o quererem levar para as saídas nocturnas, pois muito provavelmente o que eles querem é divertir-se na sua companhia e proporcionar-lhe uma noite diferente. Desta forma, o melhor será manter uma postura tranquila e mais sociável. Talvez até seja melhor para si sair com os seus amigos, pois poderá ser uma oportunidade para quebrar a monotonia do dia-a-dia e para conhecer novas pessoas. Pense seriamente nisso, pois ficar em casa enclausurado com certeza não há-de resolver os seus problemas. Procure ser mais espirituoso. Quanto ao facto de ejacular precocemente, provavelmente deve estar relacionado com o estado de ansiedade e tensão em que se encontra nessa ocasião. Por isso, relaxe e aproveite o que a vida tem de melhor para lhe oferecer. Caso considere necessário experimente masturbar-se antes de sair à noite com os seus amigos, dessa forma não se excitará tão rapidamente quando forem assistir a shows femininos.

 

 

“Como perguntar a alguém qual a sua orientação sexual?”

“Por algum motivo continuo a namorar homens que acabo por descobrir que são gays. Há alguma maneira de perguntar qual a orientação sexual de um homen sem o insultar?...”

 

Cara Leitora:

Apesar da sua intenção ser boa e baseada em experiências do passado, é sempre complicado fazer essa pergunta. O seu parceiro pode ficar chocado, não importa quão “cuidadosa” a leitora seja. E perguntar não garante sempre uma resposta verdadeira!!!. Uma forma de evitar a necessidade de fazer essa pergunta, é refinar o seu poder de observação e intuição. Talvez, passar mais tempo com amigos que sejam homossexuais possa ajudar, dando-lhe uma melhor percepção.
Pode também tentar conhecer melhor o rapaz em que está interessada antes de o começar a namorar, bem como os seus amigos e familiares. Se alguma vez sentir que é mesmo necessário fazer essa pergunta tente fazê-lo sem julgar ou criticar o seu parceiro, explicando-lhe a razão da sua preocupação.

Não sei onde fica o clítoris!

Tenho 23 anos e iniciei a minha actividade sexual há 6 meses, e por inexperiência
não sei onde está localizado o clítoris da minha namorada. Como posso
descobrir?

 

Luís, Alameda das Linhas de Torres

 

Caro Leitor,

Esse tipo de dúvidas é bastante normal quando se inicia a actividade sexual, por isso não se acanhe e seja
destemido na sua descoberta da sexualidade. Converse com a sua namorada e peça-lhe que lhe diga onde gosta de ser tocada e onde sente mais prazer quando você a toca na zona genital, quando ela começar a vibrar de prazer o leitor vai saber que acertou em cheio no alvo!

“Gostaria que o meu namorado me algemasse à cama”

Tenho um fetiche recorrente e gostaria de o experimentar com o meu namorado. Queria que ele me algemasse à cama durante a relação sexual. Como fazer para lhe dizer?

Sara – Alfragide

 

Cara Leitora,

Realmente este assunto é bastante delicado e um pouco difícil de ser abordado, mas a melhor forma de conseguir realizar a sua fantasia será conversar com o seu namorado sobre esta questão. Considera-se este tipo de jogos como fazendo parte do chamado Sadismo, no qual a pessoa que controla tem prazer através do sofrimento do outro, embora o Sadismo faça parte integrante das relações humanas mais elementares e seja vivido consoante os
preconceitos de cada indivíduo. Nos jogos Sadomasoquistas, de acordo mútuo, a cada sádico corresponde uma vítima, o masoquista, e é necessário existir por parte de ambos um acordo. É necessário que tenham atenção aos instrumentos utilizados, para que os actos não provoquem dor. Como tal, em vez de utilizar as algemas que poderão provocar ferimentos, usem gravatas ou lenços em que os nós sejam fáceis de desapertar, se por qualquer razão for necessário. Deve responder de forma calma e serena a todas as dúvidas que ele lhe colocar, e se por qualquer motivo ele não aceitar, seja compreensiva e tente entender as suas razões. Terão ambos que acordar para que, assim que um de vós se sinta desconfortável, o jogo termine, de modo a que não provoque qualquer tipo de dor.

 

“O que é a ejaculação retardada?”

“Já ouvi falar de ejaculação precoce, mas um amigo meu há dias referiu-se à ejaculação retardada. Como não sabia muito bem do que se tratava não lhe respondi, mas gostaria de saber o que é e o que fazer para que isso não me aconteça.”

Rui, Seixal

 

Caro Leitor,

A ejaculação precoce é vista como um problema, principalmente entre as camadas mais jovens. Contudo, muitos homens experimentaram essa situação já na fase adulta. Actualmente, já é do conhecimento geral que a ejaculação precoce não é tanto um problema físico mas psicológico, causado por estados de grande ansiedade, de stress elevado e de grandes expectativas em relação à própria vida. Quando esta situação acontece, o medo de voltar a suceder e o desejo de agradar à parceira gera uma ansiedade tão grande que faz com que o problema piore. A ejaculação retardada é o oposto desta situação e ocorre com menos frequência. Assim, os homens têm dificuldade em atingir o orgasmo por uma sucessão de causas, as quais podem ser físicas ou psicológicas. Se o homem estiver sob o efeito de bebidas alcoólicas ou estupefacientes estas situações podem ocorrer pelo simples facto destes produtos retardarem os reflexos. Outra das causas possíveis é o homem que atrasa deliberadamente a ejaculação na esperança de a parceira atingir o orgasmo ao mesmo tempo. Claro está que quando a situação chega ao limite já não conseguem reverter a situação em seu favor. Por fim, a preocupação que o homem possa sentir no momento da relação sexual e que, consequentemente, irá dificultar a própria erecção e a respectiva ejaculação. Não existe nada mais sensato, em qualquer caso, que uma boa comunicação entre parceiros para que possam ultrapassar todos os obstáculos que poderão vir a surgir.

“A penetração não me leva ao clímax!”

 

“Quando faço amor são raras as vezes em que fico satisfeita. Com a penetração tenho tido dificuldade em atingir o clímax, o que devo fazer?”

 

Susana, Serpa

 

Cara Leitora,

 

De facto, nem todas as mulheres conseguem atingir o orgasmo através da penetração e por isso é importante que haja uma grande sintonia entre o casal a nível sexual de forma a que ambos conheçam os pontos mais sensíveis um do outro. Para que a mulher atinja o orgasmo é necessário que haja uma correcta estimulação do seu corpo. Neste sentido, o casal não deve menosprezar o importante papel das carícias durante os preliminares, que potenciam o orgasmo. Alem da penetração, é indispensável que haja uma estimulação directa do clítoris. Esta estimulação tanto pode ser feita por si como pelo seu companheiro, tanto antes como durante a penetração. Apostem nos preliminares, dêem a devida importância ao toque e melhorem a vossa cumplicidade, pois quanto melhor conhecerem o corpo de cada um, maiores serão os benefícios sexuais.

 

Será que ela é frígida?

 

“Tenho notado que a minha esposa inventa cada vez mais desculpas para não fazermos amor. A verdade é que somos casados há já seis anos e nunca tivemos uma vida sexual muito activa, por isso gostaria de saber se ela sofre de frigidez.
César, Coimbra
 
Caro Leitor,
É normal que o desejo sexual da mulher diminua devido a diversas condicionantes físicas e psicológicas, por exemplo o nascimento de filhos, o stress causado pelo trabalho ou a entrada na menopausa. A frigidez é uma disfunção sexual que afecta as mulheres, fazendo com não sintam prazer durante o acto sexual e, consequentemente, não consigam atingir o orgasmo. Em termos práticos, tanto as mulheres que sofrem de frigidez como as que sofrem de falta de desejo sexual raramente procuram o parceiro, e quando este as procura a tendência é para rejeitá-lo. Esta situação causa constrangimentos e tensão no ambiente familiar, pois o facto de a esposa não estar muito receptiva a participar do acto sexual muitas vezes pode gerar incompreensão por parte do marido. Aconselho a que fale abertamente com a sua esposa, pois através do diálogo e da compreensão esta situação pode ser ultrapassada.

Tenho dificuldades de erecção

 

Sou bastante nervoso e por isso quando estou com uma mulher tenho dificuldade em ter erecção. Já fiz testes médicos e estes indicam que está tudo bem comigo. Já Tomei Viagra mas mesmo assim tenho dificuldades.

 

Jacinto, Costa da Caparica

 

Caro leitor,

 

Uma vez que efectuou testes de saúde e estes indicaram estar tudo bem consigo a nível da Tiróide, Testosterona e Prolactina, então o seu problema pode ser de origem emocional ou circulatório. O fluxo de sangue no pénis é o que causa a erecção, quando este fluxo sanguíneo não é suficiente, o homem tem dificuldade em ter e manter uma erecção. Medicamentos como o Viagra estimulam a circulação, fazendo com que mais sangue chegue à zona genital, permitindo que haja uma erecção, mas este medicamento só funciona quando existe desejo sexual. Se o leitor estiver muito nervoso durante as relações sexuais, ou tiver falta de desejo, o Viagra não vai resultar. Em casos como o seu é aconselhável que o homem tome um comprimido ansiolítico (Lorazepan) duas horas antes de tomar o Viagra. Este comprimido deve ser receitado pelo seu médico e deve ter uma vida activa curta, ou seja, deve ficar no seu sistema apenas algumas horas de forma a permitir que relaxe na altura de ter relações sexuais.

"Apaixonei-me pela minha massagista!”

“Há seis meses que estou a ter sessões de massagens com uma massagista de quem gosto muito. Com o tempo fomos ganhando à vontade um com o outro e agora acho que estou apaixonado por ela. Não sei o que fazer.”

Gonçalo, Lisboa

 

Caro Leitor,

 

O tempo e a cumplicidade que se vai estabelecendo entre as pessoas, são muitas vezes factores importantes para que nasça o amor e isso foi precisamente o que aconteceu consigo. Com o tempo passou a conhecer melhor a sua massagista e dentro de si foram despertando outros sentimentos além de uma amizade inocente.

De forma a terminar com essa ansiedade, cabe-lhe a si avaliar a receptividade dessa pessoa, ou seja, confirmar se o sentimento é recíproco ou
não e a partir daí ganhar coragem e falar com ela sobre os seus sentimentos. Lembre-se que se não for corajoso nunca saberá os sentimentos que ela nutre por si e viverá permanentemente na incerteza.