Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Será que o meu fluido vaginal é normal?”


“Tenho notado que, de há uns tempos para cá, o meu corrimento vaginal está diferente. Será que tenho algum problema de saúde?”


Sónia, Sintra


Cara Leitora,

O corrimento vaginal é motivo de preocupação frequente, entre mulheres, pois existe sempre o receio de que a sua cor, cheiro, gosto ou textura não sejam normais. Este tipo de secreções vaginais tem tendência a variar segundo o ciclo menstrual. Isto é, a seguir à menstruação o corrimento é em menor quantidade, fluido e pode apresentar uma cor ligeiramente amarelada devido ao soro sanguíneo que ainda é expelido do interior do útero. À medida que o ciclo menstrual avança, este vai aumentando em quantidade até atingir o seu máximo no dia da ovulação, período em que apresenta características inconfundíveis. Pode-se assemelhar à clara do ovo, transparente, fluido e elástico, com um cheiro característico, mas não desagradável, e quase exclusivamente constituído por muco. Quando termina o período fértil, estas características do muco vaginal rapidamente desaparecem. Quando o corrimento progride para o seu máximo, o período fértil, é quando existe maior probabilidade dos espermatozóides percorrerem a cavidade uterina de modo a poderem fecundar o óvulo. Um corrimento anormal tem um aspecto descolorado, cheiro incomodativo, com textura invulgar e é, geralmente, acompanhado de dor e de prurido. Nestas situações, deve consultar o seu médico imediatamente pois pode ser sinal de uma infecção bacteriana ou de ter contraído de uma doença sexualmente transmissível.