Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Dicas sexuais

A ingestão excessiva de álcool pode causar impotência, por isso se está a planear uma noite de paixão, beba álcool de forma moderada ou poderá ter uma desilusão bastante grande.

 

“Engravidei do meu ex-namorado”


“Estou com o meu namorado há 5 anos e amo-o muito, mas há dois anos tive um affair com o meu ex-namorado e engravidei. Amo muito o meu actual namorado e ele sabe toda a verdade mas fico perturbada pois não sei se ele ainda me ama depois de saber que tenho um filho de uma traição.

Tânia, Almada


Cara Leitora,

A aventura sexual que teve há dois anos com o seu ex-namorado fragilizou o seu actual relacionamento, o que é compreensível uma vez que a leitora traiu o seu namorado ao dormir com outro homem de quem teve um filho. Se, apesar de tudo, o seu namorado ainda está ao seu lado é porque a ama verdadeiramente e porque o que ambos sentem um pelo outro é tão forte que consegue ultrapassar todas as barreiras. Acredite nos sentimentos do seu actual namorado pois ele já lhe demonstrou que a ama e que quer ficar consigo. Tente não focar tanta energia no passado, e lute pela felicidade ao lado do seu namorado que já lhe deu provas do seu amor.

 

“Só penso em mulheres…”


“Há algum tempo que me imagino a fazer sexo com mulheres. São pensamentos que me têm ocorrido frequentemente e sinceramente já estou a ficar preocupada.

Carla, Esposende


Cara leitora,

Só porque imagina ter relações com mulheres não significa que o venha a fazer, pois existem muitas mulheres que fantasiam ter relações com outras mulheres e isso não faz delas lésbicas. São as fantasias sexuais que nos mantêm sexualmente activos, por isso nao se assuste. Faça uma reflexão séria e cuidada de forma a averiguar, realmente, qual é a sua preferência sexual. Esteja consciente do que realmente deseja. Caso conclua que esses pensamentos têm fundamento, não se acanhe, pois tem todo o direito de viver a sua sexualidade da forma que bem entender. Afaste-se de tabus e preconceitos, porque tanto a bissexualidade como a homossexualidade são orientações sexuais que devem ser respeitadas e vividas de uma forma conscienciosa e sem vergonhas.

...


“ Quando saímos à noite o meu namorado já me deu a entender que gostaria de fazer sexo na discoteca, quando esta está cheia de gente. Eu tenho medo, pois tenho receio de sermos apanhados. ”

Carina, Vialonga


Cara leitora,

Fazer amor em locais públicos onde existe o risco de ser surpreendido é uma fantasia sexual bastante popular. A discoteca, por ser um espaço público que, por sua vez, tem pouca iluminação, faz com que seja um local desejado pelo seu namorado para obter prazer, na medida em que faculta os ingredientes necessários para promover a mistura de risco e intimidade. Todavia, existem alguns cuidados básicos a ter em conta. Para além de correrem o risco de serem apanhados, existem discotecas que são vigiadas por vários seguranças o que, obviamente, constitui uma contra-indicação para realizarem essa fantasia. Se decidirem levar adiante a fantasia do seu namorado, tenham cuidado, se forem apanhados podem vir a enfrentar problemas a nível legal. Quanto a si, se não se sente à vontade para colocar em prática essa fantasia, explique isso ao seu namorado, certamente compreenderá os seus motivos.

“Serei bi?”

“Tenho vinte e cinco anos e já tive vários namorados, mas agora estou bastante confusa porque quando estou com a minha melhor amiga sinto-me diferente e muito atraída por ela. Serei bissexual?”

Mariana, Faro

 


Cara leitora,

É possível que sim. Existem muitas mulheres que se sentem atraídas sexualmente por outras mulheres, apesar de muitas delas nunca passarem ao acto, ou seja, nunca terem um relacionamento sexual com outra mulher. Pode também dar-se o caso de que o facto de a sua melhor amiga ser uma das pessoas pelas quais tem maior afeição faça com que no seu coração exista uma mistura de sentimentos. Aconselho-a a reflectir mais seriamente sobre as suas dúvidas em relação à sua orientação sexual, tente lembrar-se dos seus tempos de adolescência, já se sentia atraída por mulheres nessa fase? Se este tipo de atracção se vem a manifestar há vários anos então o mais provável é que de facto a leitora seja bissexual, o que não deve ser ignorado nem reprimido.

 

Pág. 5/5