Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Tema de hoje: relacionamento

Nobuyoshi Araki

 

 

Olá Doutora Maria Helena,
Tenho uma namorada de quem gosto muito, temos uma vida sexual activa, faço-lhe muitas carícias, ela não se queixa, fazemos sexo oral, etc. Ela tem 21 anos, já teve outros parceiros, no entanto, certo dia disse-me que não sabe se tem orgamos. Desde esse dia, aprofundei ainda mais os meus carinhos, tentando aumentar a sua excitação. Ela diz-me
que sente coisas fortes, muito prazer, e que parece que vai explodir... aí fico a pensar, será que tenho uma namorada que não tem orgasmos? O que devo fazer? Acho que já fiz de tudo... ela disse-me que não se masturba pois não gosta, não sente nada. Já a masturbei e nesse momento ela gostou e sentiu prazer e contorcia-se toda. No sexo oral ela fica louca e pede para a penetrar pois já não aguenta mais, quando fazemos amor ela gosta que eu faça movimentos bem profundos... Então, será que ela tem realmente orgamos? Uma amiga minha disse-me que não tem, pois se tivesse saberia e não teria dúvidas. Acho que o orgamo na mulher realmente é diferente de uma para outra. Tenho dúvidas se tenho que melhorar ou não... se tenho que aumentar o tempo de penetração. Ja tentei ficar mais tempo a penetrá-la, mas não adianta muito, pelo contrário, o que parece é que ela gosta de sexo mais curto, rápido e intenso. Ela mesma me disse que o tempo não importa. Já tentei colocá-la por cima de mim pois dizem que assim as mulheres sentem mais prazer, mas ela não gosta, diz que dói, que faz pressão interna, e nem adianta tentar, para ela não adianta. Então o que devo fazer? Ou devo continuar como estou, pois está a sentir prazer e orgasmos (mesmo sem saber se os tem ou não).

Grato
Savio
Caro Savio,
Você parece ter um bom relacionamento emocional e sexual com a sua namorada, pois tem o à-vontade para conversar acerca deste tipo de temas sem ter tabus ou preconceitos, o que é bastante saudável. O que eu aconselho é que continue a ser um bom namorado e amante atento para a sua namorada. Continue a conversar acerca do que lhe dá prazer mas sem a pressionar a ter um orgasmo, concentre-se apenas no facto de que ambos gostam de estar juntos e gostam de disfrutar dos corpos um do outro. Incentive a sua namorada a experimentar novas posições e mesmo a masturbar-se, talvez se ela o fizer consigo encontre mais prazer nisso.  Naturalmente, ela irá sentir-se mais à vontade e cada vez terá mais prazer durante o acto sexual.