Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Estou grávida. E agora?”

 

 

“ (...) Tenho 17 anos e engravidei. Neste momento,
estou grávida de dezasseis semanas e quero muito ter este filho. (...) Um outro
problema é que nem eu nem o meu namorado temos coragem para falarmos com os
nossos pais. Somos estudantes e nenhum de nós trabalha. Estamos mais unidos do
que nunca, mas sentimo-nos perdidos...”

 

Sónia, Pinhal Novo

Cara Leitora,

O sentimento de união que está presente entre vós é
muito importante para que se possam apoiar mutuamente enquanto não encontram
força e coragem para contar a verdade aos vossos pais. É natural que se sintam
perdidos e que dentro de vós existam sentimentos contraditórios. Para o bem de
todos, não devem esconder este segredo por muito mais tempo. É possível que
numa primeira fase os vossos fiquem perplexos, desiludidos e, até, zangados,
mas depois o crescimento da barriga e o encanto de um bebé alterará esse estado
apático. A doçura do bebé abará por amansar o temperamento dos vossos pais e,
concerteza, farão questão de acompanhar de perto o crescimento e a educação do
neto.

Tentem não adiar esta conversa e estejam atentos às
indicações médicas e a todos os cuidados pré-natais. Apesar de não ser uma
gravidez planeada, acreditem que o bebé será a alegria de toda a família até
daqueles se mostrarem mais resistentes à notícia.