Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“A minha namorada não pode tomar a pílula e eu não me sinto confortável com o preservativo.”

“A minha namorada já usou vários tipos de contraceptivos orais, mas por vezes ela esquece-se de os tomar. Eu odeio o preservativo, sinto-me desconfortável. Já ouvimos falar dum outro método contraceptivo, o de barreiras vaginais. Será que resulta?”

Nuno, Olivais

 

Caro leitor,

Este tipo de contraceptivo, Barreiras Vaginais, é um método relativamente recente. Tem a forma de um cilindro fino de poliuretano com cerca de 15 cm de comprimento e 5 cm de largura, sendo que uma das extremidades é aberta e a outra extremidade fechada. A extremidade aberta coloca-se fora dos lábios vaginais prevenindo assim a entrada do esperma. Este método combina contracepção e protecção das doenças sexualmente transmissíveis.

Este método contraceptivo ainda não tem muita procura por parte da população feminina devido ao seu tamanho e por ser mais caro que o preservativo masculino. Alguns utilizadores alegam que o preservativo feminino diminui a sensibilidade de ambos os parceiros. Segundo algumas investigações, a taxa de insucesso deste preservativo é de 5 %. No caso da sua namorada é aconselhável o uso do mesmo, ela não deve recear a sua utilização porque
certamente irá adaptar-se bastante bem. De qualquer forma, se a sua namorada sentir algum tipo de desconforto durante a utilização deste preservativo,
aconselho-os a procurar o médico ginecologista para que ele vos informe sobre outros métodos contraceptivos existentes no mercado.