Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Dificuldades de Ejaculação e de Erecção


 

Na minha adolescência tinha relações só que ainda não tinha muito a noção do que estava a fazer. Deixei de ter e passado algum tempo aos 20 anos e comecei a pensar em voltar a ter, só que quando tive não foi num local apropriado e foi como fosse a primeira vez e aconteceu o inesperado.
Tive a primeira ejaculação um pouco rápida como é normal, mas naquela altura não pensava que fosse. Nesse impasse pensámos que não iria conseguir mais. Fiquei com aquela ideia e depois fiquei algum tempo sem voltar a ter sexo. Mais tarde tentei, só que com aquele pensamento em mente. Tempo de mais, e acho que foi o meu inimigo porque quis ter relações aos 21 anos e não consegui ter, até que a minha parceira deixou-me. Até consultei um psicólogo, depois de uma conversa ele disse que era a insegurança, etc. Um médico deu-me uma amostra de Viagra para ter confiança em mim mesmo. Comecei a namorar ejá dura há 3 anos, só no princípio como ainda não sabia se estava preparado utilizei-o, depois disso nunca mais foi preciso com minha parceira e tenho uma vida sexual activa. 
No princípio do meu namoro, nesse tempo envolvi-me com outra pessoa, ao pensar que já tinha conseguido superar esse problema e sucedeu de novo o mesmo, acho por ser a primeira vez que ia ter relações com ela, porque na hora "murchou". Deve ser porque penso sempre que não vou dar o prazer suficiente como deveria ser. Penso como as mulheres também tem outras experiências e que eu sou inexperiente e fico nervoso. 
Carlos

 
Caro Carlos,
 
O seu email é claro e vejo que está bem informado: desde uma primeira experiencia que correu mal, ficou preocupado e vai para as relações sexuais a querer agradar, mas a ter pensamentos negativos de que não conseguirá satisfazer a parceira, de que não tem experiência suficiente. Efectivamente, numa relação em que já tem confiança é mais fácil não ter pensamentos negativos e entregar-se ao prazer. Se este ciclo vicioso começou com uma ejaculação mais cedo do que desejava, actualmente evita mesmo as relações sexuais, perdendo a erecção antes ainda da penetração, por ansiedade certamente.
É muito importante que perceba este ciclo vicioso e o consiga cortar: relaxe, não desista de ter relações sexuais só porque perdeu aquela erecção, pois se continuar a estimulação outras se seguirão certamente; ganhe confiança com as suas parceiras sexuais, para que sejam pacientes e que se sinta à vontade; treine a colocação e utilização do preservativo na masturbação; experimente comprar anéis penianos numa sex-shop, que o podem ajudar ligeiramente a aguentar o afluxo de sangue no pénis; experimente um produto retardante em pomada, que pode ser comprado numa sex-shop, para colocar na glande e fazê-lo perder um pouco a sensibilidade peniana.
Veja mais sobre a técnica dos terapeutas sexuais – o “squeeze”: http://consultoriosexologia.blogs.sapo.pt/tag/ejacula%C3%A7%C3%A3o+precoce
Tenha tranquilidade e não se transforme num observador da sua relação, deve sim estar presente a sentir todo o prazer possível. Pode ainda masturbar-se até atingir o orgasmo e a ejaculação umas horas antes da relação sexual (ou na própria relação sexual), para que na próxima penetração o tempo desta seja mais duradouro.
Apesar destas sugestões úteis, penso que deveria consultar um especialista, que lhe esclareça esta questão e lhe dê um apoio presencial, pois pode prevenir que este problema continue e o faça sentir-se cada vez pior consigo próprio e nas suas relações sexuais - as nossas consultas podem ser marcadas em 21 318 25 91.