Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

tema de hoje: Dúvidas sexuais

Boa tarde.

Tenho 40 anos e gosto muito de sexo. Penso mais do que faço. Gostaria de saber se há alguma indicação ou estudo sobre a quantidade de relações por mês num casal pela minha
idade. Será normal de três em três meses?
Outro dia, quando estava a iniciar, durante os preliminares, quando beijava e tocava, ejaculei em poucos segundos. Terei algum problema? Fiquei de rastos, apesar da
compreensão da minha mulher.
Cumprimentos

 

 

 

Caro Leitor,

De uma forma geral casais entre os 20 e 50 anos de idade têm relações sexuais em média entre 1 e 3 vezes por semana, com estudos diferentes indicando valores diferentes. É difícil determinar o que é muito ou pouco sexo entre um casal, pois cada caso é um caso, e cada casal tem a sua frequência ideal, ou seja, o que é considerado normal e satisfatório para si, pode não o ser para outro casal e vice-versa. Dessa forma, se tanto você como a sua esposa estão satisfeitos em ter relações sexuais de 3 em 3 meses, então, não existe nenhum motivo para preocupação. No entanto, uma vez que não tem relações sexuais com bastante frequência vai ter o problema da ejaculação precoce, ou seja a sua sensibilidade vai estar bastante elevada e por isso vai ejacular mais cedo do que deseja. Por isso aconselho que tente ter relações sexuais com um pouco mais de frequência se deseja resolver o problema da ejaculação precoce, ou tente masturbar-se com mais frequência, e dessa forma não vai estar tão excitado quando tiver relações com a sua esposa.

Técnicas dos beijos

Para os beijos serem o melhor possível para os dois têm de mostrar um ao outro como gostam de ser beijados. Falem disso - a própria conversa já é excitante; beijem-se da maneira que gostam ser beijados; durante um beijo, pare e diga "Agora mostra-me como é o meu beijo"; se cada beijo já for muito bom diga-lhe, mostre que gostou.
Algumas técnicas podem ser úteis para si e para o alvo dos seus beijos, vejamos:
- Lábios apertados e fechados não se associam a paixão, se não lhe apetece dar uma beijo, não dê, mas quando o fizer faça-o com emoção.
- Quando a boca entra em contacto com a pele, deve sentir o lado de dentro dos lábios e não apenas o lado de fora. Veja a diferença na sua mão.
- Comece por meter a língua aos poucos e aumente a participação dela de beijo para beijo. Certifique-se que não está a pôr e a tirar a língua de fora tão depressa que pareça um pica-pau a picar a madeira – o que não é nada excitante.
- Beijar, morder ou lamber pode ser óptimo, mas é importante que seja feito devagar, a explorar cada centímetro do corpo como se fosse um tesouro.
Faça de conta que acabou de lavar os dentes e passe a sua língua pelas gengivas e dentes como se estivesse a verificar se estão limpos e macios. Repare na reacção do seu parceiro/parceira para perceber se este/a gosta.
- À medida que as coisas aquecem e forem passando à fase seguinte dos preliminares e da relação, a boca pode vaguear pelo corpo, mas lembre-se de voltar aos beijos nos lábios – uma grande sensualidade está mesmo aí.
- Vá devagar: gestos lentos e pensados, mesmo que um de vós queira apressar-se, levam a muita excitação. Não apresse nem deixe que apressem a vossa relação sexual.
Onde são os beijos mais excitantes?
Embora a excitação possa variar muito de pessoa para pessoa e observar bem seja essencial…Os locais mais excitantes são:
  • Lóbulos das orelhas
  • Umbigo (meter a língua ou chupar)
  • Bicos dos seios
  • Dedos das mãos e dos pés
  • A parte de trás dos joelhos
  • A base do pescoço
  • Debaixo do braço
  • A curva das costas
  • Qualquer área que ande coberta de roupas ou que lhe dêem um significado especial!
Com base em Como ser uma boa amante, Técnicas explícitas que todas as mulheres devem saber para arrasar o seu homem, Lou Paget, Dom Quixote, 3ª edição, 1999.

“Beijos sensuais”

 

 

“Tenho 19 anos e estou apaixonada por um colega com quem comecei a namorar. Como é o meu primeiro namorado e ainda sou inexperiente, gostava que me desse algumas dicas de sedução, como por exemplo como dar beijos sensuais. Pode ajudar-me?”

 

Marina, Lisboa

 

Cara leitora,

Para os beijos serem o melhor possível para os dois têm de mostrar um ao outro como gostam de ser beijados. Falem disso - a própria conversa já é excitante; beijem-se da maneira que gostam ser beijados; se cada beijo já for muito bom diga-lhe, mostre que gostou. Algumas técnicas podem ser úteis para si e para o seu namorado. Lembre-se que os lábios apertados e fechados não se associam à paixão, se não lhe apetece dar um beijo, não dê, mas quando o fizer, faça-o com emoção. Quando a boca entra em contacto com a pele, deve sentir o lado de dentro dos lábios e não apenas o lado de fora.  Comece por meter a língua aos poucos e aumente a participação dela de beijo para beijo. Certifique-se que não está a pôr e a tirar a língua de fora depressa demais – o que não é nada excitante. Beijar, morder ou lamber pode ser óptimo, mas é importante que seja feito devagar, a explorar cada centímetro do corpo como se fosse um tesouro.

À medida que as coisas aquecem e forem passando à fase seguinte dos preliminares e da relação, a boca pode vaguear pelo corpo, mas lembre-se de voltar aos beijos nos lábios – uma grande sensualidade está mesmo aí.

Vá devagar, os gestos lentos e pensados, mesmo que um de vós queira apressar-se, levam a muita excitação. Não apresse nem deixe que apressem a vossa relação sexual.