Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Como posso saber se ela está grávida?”

 Testes de gravidez: quanto tempo é preciso passar para ter a certeza? -  Gravidez - SAPO Lifestyle

“Desconfio que a minha namorada está grávida, mas ela recusa-se a fazer o teste de gravidez e acha que é imaginação minha. Como podemos ter a certeza em relação a uma possível gravidez? Quando surgem os primeiros sintomas?”

 

Valter, Almada

 

Caro leitor,

É muito importante advertir a sua namorada para a importância de detetar uma gravidez o mais cedo possível, para que possa ser acompanhada pelo médico e garantir o máximo de segurança tanto para ela como para um possível bebé. Nesse sentido, ela deve fazer um teste de gravidez se o seu período já está em falta e consultar o médico para que possa ser acompanhada. Muitas mulheres notam os primeiros sintomas logo ao fim de poucas semanas, e estes geralmente manifestam-se como fadiga excessiva, náuseas e até mesmo vómitos, dores de cabeça, mudanças de humor, obstipação, dores mamárias, desejo súbito de certas comidas, ou aversão inexplicável por outras, enjoos perante cheiros que antes lhe eram agradáveis. Algumas mulheres podem ter algum fluxo menstrual, antes do tempo, outras podem chegar a ter febre. Convença a sua namorada a fazer um teste de gravidez o quanto antes, pois é fundamental que, caso esteja grávida receba o acompanhamento médico devido.

“Como posso evitar os enjoos?”

 Smoking may trigger diabetes in pregnant women, study finds | The Times of  Israel

“Estou grávida do meu segundo filho e tenho muito receio de voltar a sentir os enjoos frequentes que tive durante a primeira gravidez. O que posso fazer?”

 Luísa, Coimbra

 Cara leitora,

embora a causa exata dos enjoos seja desconhecida, atribuem-se a mudanças hormonais ou relacionadas com os níveis de açúcar no sangue. O stress, o cansaço, as viagens e alguns alimentos podem acentuar os enjoos e, nesse sentido, a primeira medida a tomar é assegurar-se que segue uma dieta equilibrada e hábitos de vida saudáveis. Evite alimentos com cheiros e sabores fortes, beba muita água e sumos naturais, opte por fazer refeições mais leves, várias vezes ao dia. alguns alimentos, tais como a banana, as bolachas de água e sal, o arroz, as tostas e o chá podem ajudar a evitar os enjoos, por isso experimente comer uma tosta ou duas bolachas de água e sal de manhã, antes de sair da cama. A toma de um suplemento de vitamina B6 também pode ajudá-la, mas deve aconselhar-se com o seu médico, que conhece o seu caso.

“Faz mal ter relações sexuais na gravidez?”

 

 “Tenho 31 anos e sou muito feliz com o meu marido. Sempre quisemos ter um filho e há um mês descobri que estou grávida. Deixei de ter sexo com o meu marido, porque tenho medo que as relações sexuais prejudiquem o bebé ou a gravidez. Estou a fazer bem?”

Susana, Mafra

 

Cara leitora:

Ter relações sexuais em si não prejudica a gravidez, mas é necessário ter alguns cuidados e evitar determinadas posições que a farão sentir desconfortável, dado que o seu corpo irá sofrer alterações. Fale abertamente com o seu marido sobre o que lhe agrada, e descubram juntos as posições mais confortáveis para fazer amor. Sabia que algumas mulheres sentem maior desejo sexual durante a gravidez, porque o acréscimo de hormonas provoca um aumento da libido? Não faça nada que a incomode, sendo também aconselhável consultar o seu obstetra se alguma coisa a fizer sentir desconfortável durante as relações sexuais.

 

 

 

“Como podemos fazer para engravidar?”

“Há um ano que pretendo engravidar e comigo está tudo bem, mas o meu marido tem poucos espermatozóides. Já fomos ao médico e ele não receitou nada. Disse que não era necessário. Gostaria de saber se é possível engravidar e se me podia dizer algum medicamento para ele tomar e a sua forma de tomar. Por favor responda, gostávamos mesmo de ter um bebé.

Guida, Montemor-o-Novo

 

 

 

Cara leitora,

A medicina só costuma aplicar tratamentos de fertilidade a casais que estão a tentar há mais de um ano e meio a dois anos, sem contracepção e sem conseguir a gravidez. Como só está a tentar há um ano, pode ser a vossa ansiedade de ter um bebé que não deixa o processo desenrolar-se naturalmente, tente relaxar e simplesmente deixar-se levar pelo prazer do sexo, sem pensar demasiado no seu desejo de engravidar.

Se sente que o seu médico não lhe responde às suas dúvidas tente marcar uma consulta para outro especialista e confronte opiniões. Não poderei dar-lhe uma resposta mais completa por e-mail, pois nestas questões complexas de conseguir ou não engravidar terá mesmo de ser uma equipa
especializada a fazer o seu trabalho presencialmente. Boa sorte!



“Serei infértil?”

“Sou casado e temos tentado engravidar mas nao conseguimos, por isso eu gostaria de fazer um teste de infertilidade masculina, mas não sei como fazê-lo. ”
Simão, Fundão
Caro Leitor,
A infertilidade masculina resultar do facto de o homem não ejacular, não produzir a quantidade necessária de espermatozóides quando ejacula, ou de os espermatozóides não se movimentarem da forma adequada para que se dê a penetração do óvulo. O exame que é feito com maior regularidade para testar a infertilidade masculina é o chamado espermograma, onde o objectivo principal é analisar o sémen. Através deste exame é possível medir a quantidade, a mobilidade e o formato dos espermatozóides, contudo deve ser complementado por outros exames. Porém, o teste não deve ser feito apenas por um membro do casal, é importante que ambos façam os testes necessários de modo a averiguar de onde podem advir os problemas.
 

Quais os melhores momentos para a concepção?

104241670.jpg

 

"Sou uma mulher ansiosa por ser mãe, mas que não sabe muito a respeito do seu próprio corpo. Gostaria de saber quais são os melhores momentos para conseguir engravidar, sei que se encontram a meio do meu ciclo, mas quando? O meu período menstrual dura cerca de 30 dias, e tenho o período nos primeiros 4 dias. Seguindo este ciclo, pode dizer-me em que dias tenho maior probabilidade de conseguir engravidar?"

Luísa - Barcarena

 

Cara leitora,

Conhecer bem os ritmos e ciclos do seu corpo é fundamental, tanto se pretende engravidar, como se deseja evitar que isso aconteça, ou para poder desfrutar plenamente da sua sexualidade. Uma vez que a menstruação difere de mulher para mulher, o melhor período para engravidar varia, mas seguindo a regra do seu ciclo é possível encontrar o que procura. As mulheres têm tendência para ovular a meio do ciclo, contudo, é mais acertado dizer que ovulam 14 dias antes da menstruação. Embora seja fora do comum, as mulheres podem ovular em qualquer momento do ciclo. A fertilidade depende essencialmente de três fatores: um óvulo saudável, esperma saudável e muco cervical favorável. A mulher ovula uma vez em cada ciclo. O óvulo vive de 12 a 24 horas e depois desintegra-se se não for fertilizado. Em condições favoráveis do muco cervical, o esperma pode sobreviver até cinco dias dentro do corpo. Estas condições criam cerca de uma semana de intervalo no qual é mais provável engravidar. Consulte o seu médico para definir o seu ciclo em pormenor, para poder identificar com uma margem de erro o mais pequena possível quais são os dias em que deve tentar engravidar.

Como engravidar?

 

Como se faz para a mulher ficar grávida de um homem?
 
A gravidez surge quando os espermatozóides masculinos encontram o óvulo feminino, um ou mais conseguem penetrá-lo e este começa a transformar-se num ovo. Para acontecer a gravidez é ainda necessário a implantação, em que o ovo se instala seguramente na parede do útero – é este o momento médico que se chama gravidez e que se desenvolve em embrião, feto e, mais tarde, num bebé.
As relações sexuais desprotegidas, sem qualquer contracepção, de modo regular, levam ao encontro dos espermatozóides com o óvulo, embora dependa de casal para casal a probabilidade de tal acontecer desde logo ou ao longo de vários meses. É necessário haver penetração vaginal, embora possa acontecer uma gravidez sem que o pénis penetre a vagina, mas ejacule muito perto dela e sem protecção.
O periodo fértil é o intervalo de tempo em há maior probabilidade de surgir uma gravidez: são alguns dias antes e depois da ovulação feminina, dias estes que são o tempo médio de vida dos espermatozóides dentro do corpo da mulher (entre 3 a 5 dias). No entanto, quando um casal deseja engravidar não deve apenas ter relações sexuais (com penetração vaginal) nesta fase, mas sim livremente e com prazer, sem obrigações. Tal facilita o processo.
Espero ter ajudado!

“Sexo na gravidez!?”

 

 

“Estou grávida de 5 meses e desde que soubemos que eu estou grávida temos evitado fazer amor. O médico diz que não faz mal, mas nós temos receio.”
 
Teresa, Portimão
 
 
Cara Leitora,
 
Pelo que parece já tiveram um parecer médico que não colocou qualquer entrave às relações sexuais, por isso tranquilize-se. Se a gravidez estiver a decorrer dentro da normalidade não existe qualquer problema em ter relações sexuais. Obviamente, o acto sexual deve ser interrompido caso ocorram perdas de sangue, dores abdominais ou outros sintomas e aí devem solicitar de imediato a intervenção médica. Tanto o leitor como a sua esposa devem agir com tranquilidade e se as dúvidas persistirem não hesitem em conversar com o vosso médico assistente. O facto de estar grávida não quer dizer que não possa viver a sua sexualidade de forma plena e satisfatória.

 

Periodo fértil

Após o fim da minha menstruação, um dia depois, fiz amor com o meu namorado e não usámos preservativo. Gostaria de saber as hipóteses de estar grávida, já que li um artigo em que dizia que os espermatozóides sobrevivem 3 dias no corpo da mulher...e que poderá haver já um óvulo por fecundar nessa altura... eu sei que não é o período fértil e que a ovulação só se inicia 15 dias depois do inicio do período, mas fiquei na duvida, porque já li que as hipóteses são muito poucas ou quase nulas e também que há hipóteses...
Posso estar grávida? Eu não estou a tomar a pílula agora e por isso preocupo-me, mas vou voltar a tomar.
Soraia
 
Cara Soraia,
 
A probabilidade de estar grávida é pequena, mas existe. Deve começar o quanto antes a tomar a pílula para evitar esta preocupação constante, que a afasta de sentir o prazer das relações sexuais.
A ovulação surge 15 dias depois do primeiro dia de menstruação, em ciclos menstruais de 30 dias, o que pode não ser o seu caso. Os espermatozóides podem sobreviver dentro da mulher entre 3 a 5 dias, dependendo do homem, mas não é fácil saber tais pormenores sobre o seu namorado. Durante alguns meses, anote num pequeno calendário ou numa agenda o primeiro dia de cada ciclo para compreender melhor o seu caso particular. Veja neste site em que intervalo é o seu período fértil: www.sexualidades.com
Marque rapidamente uma consulta de planeamento familiar ou num ginecologista para fazer uma contracepção adequada e aproveitar as relações sexuais e a sua relação. Se até lá não tiver o período, sentir os seios sensíveis, o sono alterado e excessivo, enjoos ou ânsias de vomitar (os enjoos podem ocorrer não apenas de manhã mas o dia inteiro, e podem ser agravados pela ingestão de determinados alimentos), tonturas e dores de cabeça que apesar de serem menos comuns podem também acontecer e são normais, faça um teste de gravidez comprado numa farmácia.

Posso ser infértil?

Há relativamente 6 meses, em consulta ginecológica de rotina, através de ecografia endovaginal, o meu médico descobriu um quisto no útero, disse que não seria nada de grave, mas fica sempre algum receio, principalmente no que diz respeito a saber se poderá influenciar uma gravidez ou não. Há algum tempo que não tomo a pílula. Mas não engravido. Será que o facto de não tomar a pílula pode agravar o quisto? Posso ser infértil?

 

Cátia Dias

 

Cara Cátia,

 

A existência de quistos pode sempre causar problemas na concepção, tanto ao nível da implantação do embrião no útero como em permitir que os espermatozóides cheguem ao óvulo. Uma vez que tem tentado engravidar sem sucesso, aconselho que consulte novamente um médico, talvez um médico diferente para que possa ter uma segunda opinião.

Boa Sorte!