Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Porque razão é preciso tomar a pílula todos os dias?”

 

 

“Iniciei a minha vida sexual recentemente, e tenho muito medo que a minha namorada engravide, pois ainda temos só 17 anos. Estou sempre com medo que ela se esqueça de tomar a pílula. No entanto, não entendo porque é as mulheres precisam de tomar a pílula todos os dias, se só podem engravidar durante 3 ou 4 dias no mês! Pode esclarecer-me? Ainda sou muito jovem para ser pai!”
 
Iuri, Almada
 
Caro leitor,
A questão é saber quais são esses dias. É bastante difícil conseguir prever quando esses dias vão acontecer, pois apesar de se dizer que é no meio do ciclo menstrual, o corpo da mulher é imprevisível sendo muito fácil que haja alterações na ovulação. Aspectos tão simples como a alimentação, stress ou mesmo a intensidade de um orgasmo podem alterar o ciclo ovulatório, daí a necessidade de a sua namorada tomar a pílula todos os dias para que uma gravidez indesejada não aconteça. Usar protecção sempre que se é sexualmente activo é como usar o cinto de segurança: pode parecer desnecessário, mas pode salvar a sua vida!
 

“Sintomas de gravidez”

 

“Tenho medo de estar grávida, a menstruação está atrasada 10 dias. Já fiz um exame de farmácia e deu negativo, mas sinto muitas dores de cabeça e dores nos ovários. Quero saber se isso pode ser sintoma de gravidez.”
 
Mónica, Beja
 
Cara leitora,
Os sintomas que descreve podem ou não ser sinal de gravidez, mas uma vez que a sua menstruação está atrasada 10 dias, e se a leitora é sexualmente activa, aí então pode existir a possibilidade de estar grávida. Apesar de ter feito o teste de farmácia e este ter dado negativo, não significa que não esteja grávida pois os testes de farmácia não são 100% seguros e exactos, por isso consulte o seu médico e peça para este fazer um teste de gravidez mais preciso. Se continuar a dar negativo e os sintomas persistirem, converse com o seu médico para que ele a ajude a descobrir a causa dos seus sintomas.
 

“Tenho dores de barriga muito fortes!”

 

Não tive o período na altura habitual, no entanto, tenho sentido dores muito fortes na barriga, na zona dos ovários. Como fiquei preocupada e com receio de uma possível gravidez fiz uma ecografia, mas não detectou nada. Não compreendo o que se passa com o meu corpo…”
Susana
 
Cara leitora,
Existem vários motivos que podem causar essas dores. Aconselho-a a fazer um exame médico cuidadoso para determinar ao certo qual é o seu caso. Por vezes as mulheres têm uma chamada gravidez ectópica, ou seja, gravidez nas trompas, que ocorre quando há a gestação fora do útero. Os sintomas acontecem entre a 5ª e a 10ª semana de gravidez, e é comum que haja dor em apenas um lado do abdómen, sangramento anormal, falta de menstruação, dores no ombro, dores ao urinar ou defecar, mal estar, tontura, náuseas e diarreia. O diagnóstico é feito por meio do exame de BHCG no sangue e ultra-som. No entanto não se alarme, pois pode não ser este o seu caso, principalmente pelo facto de ter começado a sentir as dores há algumas semanas e não na sua 5ª semana de “possível” gestação. Consulte o seu médico novamente, para que não restem quaisquer dúvidas acerca do que se passa.

“Estou preocupado... será que ela está grávida?”

 

 

 

“Há umas semanas uma colega andava a atravessar um período difícil e eu procurei dar-lhe apoio emocional, mas acabámos por nos envolver sexualmente, sem qualquer tipo de precaução. Agora estou assustado com a possibilidade de ela poder estar grávida. Retirei o pénis antes da ejaculação, mas mesmo assim quero saber se uma pequena quantidade de sémen é suficiente para uma mulher engravidar.”
 
Luís 
 
Caro leitor,
Segundo os especialistas basta um espermatozóide para fertilizar um óvulo, por isso desde que se tenha relações sexuais sem utilizar um contraceptivo, existe sempre a possibilidade de a mulher ter engravidado. A fertilização pode ocorrer entre poucos minutos até dias após a deposição do sémen, pois este consegue sobreviver no aparelho reprodutivo da mulher cerca de dois dias. Apesar da probabilidade de um único espermatozóide atingir um óvulo ser quase nula, não deve nunca ser descartada. As probabilidades de engravidar aquando da não utilização de contraceptivos dependem da fertilidade de cada homem e mulher, bem como da fase do ciclo menstrual em que ela se encontra. Em todo o caso, aconselho-os a fazer um teste de gravidez de farmácia para ter a certeza que ela não esta grávida.
 

“Tomo a pílula mas tenho medo de estar grávida!”

 

 

“Tive relações sem preservativo, e embora tome a pílula estou com receio, pois tenho o peito e a barriga inchada, mas neste momento estou com o período, só que pouco e acastanhado. Será que estou grávida?”

 
Ana Paula, Sacavém

 

Cara leitora,

É possível estar grávida e ter menstruação, ou seja, ter perdas de sangue que são confundidas com menstruação: 25% das mulheres grávidas tem o que se pode chamar de “sangramento de implantação”, e muitas delas confundem esse corrimento sanguíneo com a menstruação, e por isso não descobrem que estão grávidas até vários meses após a fecundação.

No entanto, como refere ter usado a pílula, mesmo que tenha sido na semana de pausa, a eficácia contraceptiva é grande, superior a 95%, portanto não se deve preocupar. Se quiser tirar as dúvidas, dado que ter o peito e a barriga inchados (o que são igualmente sintomas de menstruação apenas e, em alguns casos, de gravidez).

Lembre-se que utilizar a pílula e o preservativo (a contracepção dupla), para além de ser mais eficaz em relação a gravidezes indesejadas protege-a igualmente das infecções sexualmente transmissíveis.

“Tenho medo de estar grávida…”

Olá Prof. Dra. Helena, sinto-me perdida e sem saber o que fazer. O meu período está atrasado, por isso comprei um teste de gravidez, que deu negativo, mas estou angustiada pois sinto uma leve dor nos ovários… ainda sou muito nova, tenho medo de estar grávida!
Tatiana
Cara Leitora,
É aconselhável repetir o teste de gravidez, não só para sair dessa angústia, como também porque por vezes é necessário experimentar testes de marcas diferentes para obter o resultado correcto. No entanto, saiba que deve procurar relaxar, pois a ansiedade em que está e o stress a ela adjacente pode fazer com que a menstruação se atrase. Se após repetir o teste este der negativo e continuar a não ter o período, será conveniente consultar um médico ginecologista.

“Perdi a virgindade e tenho medo de estar grávida”

 

“Tenho 16 anos e o meu namorado também. Na semana passada fizemos amor pela primeira vez, ambos éramos virgens, correu tudo bem, utilizámos o preservativo, colocámos bem! Acontece que tenho andado com medo que possa ter rompido sem darmos por isso ou que possa ter tido um furo e que eu esteja grávida.

Nunca costumo ter o período certo, mas já está atrasado dois dias. Queria que me ajudasse a perceber se este meu medo é normal. Não quero ter nenhum bebé agora. Já me informei e vou começar a tomar a pílula. Tenho medo!”

Carolina, Matosinhos

 

Cara leitora,

Ainda bem que já decidiu começar a fazer a contracepção hormonal, a que chamamos normalmente a pílula. Ficará mais descansada e livre para sentir o prazer das relações sexuais, em vez de estar preocupada.

Se a sua menstruação não é regular não pode esperar que este mês o seja, não se preocupe tanto que tal também influencia que o período não venha.

Se o preservativo tivesse rompido teriam reparado pois saía esperma quando o deitavam fora ou ficava dentro da vagina ao retirar o pénis. Se o seu namorado não disse nada, penso que a sua preocupação é mais por insegurança em estar agora a iniciar a sua vida sexual. Se o fez de livre vontade e com desejo sincero, deixe-se levar e previna as gravidezes indesejadas e as infecções sexualmente transmissíveis (usando ambos a pílula e o preservativo) e entregue-se ao prazer e à descoberta da vossa sexualidade.

“Ela esqueceu-se de tomar a pílula”

 

“A minha namorada toma um anti-concepcional diariamente, porém ela esqueceu-se de tomar durante 2 dias e tomou no dia seguinte quando acordou. Tivemos relações sexuais, mas não ejaculei dentro da vagina. Há probabilidades de engravidar? São grandes?

Filipe, Seixal

 

Caro leitor,

As probabilidades de se engravidar não podem ser contabilizadas. Esclareça com a sua namorada quantas horas depois da hora habitual é que ela tomou a pílula, pois se for tomada algumas horas depois a eficácia é ainda mantida. O coito interrompido, o método contraceptivo que refere ter realizado, não é eficaz e tem bastantes probabilidades de engravidar, por isso nestas situações deve utilizar o preservativo e ficar descansado – será bem melhor para o vosso prazer e para a relação sexual.

“Engravidei do meu ex-namorado”


“Estou com o meu namorado há 5 anos e amo-o muito, mas há dois anos tive um affair com o meu ex-namorado e engravidei. Amo muito o meu actual namorado e ele sabe toda a verdade mas fico perturbada pois não sei se ele ainda me ama depois de saber que tenho um filho de uma traição.

Tânia, Almada


Cara Leitora,

A aventura sexual que teve há dois anos com o seu ex-namorado fragilizou o seu actual relacionamento, o que é compreensível uma vez que a leitora traiu o seu namorado ao dormir com outro homem de quem teve um filho. Se, apesar de tudo, o seu namorado ainda está ao seu lado é porque a ama verdadeiramente e porque o que ambos sentem um pelo outro é tão forte que consegue ultrapassar todas as barreiras. Acredite nos sentimentos do seu actual namorado pois ele já lhe demonstrou que a ama e que quer ficar consigo. Tente não focar tanta energia no passado, e lute pela felicidade ao lado do seu namorado que já lhe deu provas do seu amor.

 

“Estou preocupado... será que ela está grávida?”


“Há umas semanas uma colega andava a atravessar um período difícil e eu procurei dar-lhe apoio emocional, mas acabámos por nos envolver sexualmente, sem qualquer tipo de precaução. Agora estou assustado com a possibilidade de ela poder estar grávida. Retirei o pénis antes da ejaculação, mas mesmo assim quero saber se uma pequena quantidade de sémen é suficiente para uma mulher engravidar.”

Luís, Alcobaça

 

Caro leitor,

Segundo os especialistas basta um espermatozóide para fertilizar um óvulo, por isso desde que se tenha relações sexuais sem utilizar um contraceptivo, existe sempre a possibilidade de a mulher ter engravidado. A fertilização pode ocorrer entre poucos minutos até dias após a deposição do sémen, pois este consegue sobreviver no aparelho reprodutivo da mulher cerca de dois dias. Apesar da probabilidade de um único espermatozóide atingir um óvulo ser quase nula, não deve nunca ser descartada. As probabilidades de engravidar aquando da não utilização de contraceptivos dependem da fertilidade de cada homem e mulher, bem como da fase do ciclo menstrual em que ela se encontra. Em todo o caso, aconselho-os a fazer um teste de gravidez de farmácia para ter a certeza que ela não esta grávida.