Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Engordo com a pílula!”

Tenho 18 anos e há dois que tomo a pílula e desde aí que não paro de engordar. Já mudei várias vezes de pílula e o efeito foi sempre o mesmo. Deverei deixar de tomar a pílula de uma vez por todas?”

 Tânia, Alverca

Cara Leitora,

Sendo um composto hormonal, efetivamente, a pílula pode provocar alterações de peso e isso é o que se passa consigo. Porém, no que diz respeito à toma da pílula cada mulher é um caso e cada pílula funciona de maneira diferente. Inerentemente à pílula podem ocorrer outros efeitos secundários como: borbulhas, cólicas ou dores de cabeça. Tendo em conta, que já experimentou várias pílulas e o resultado foi sempre o mesmo, ou seja, engordou, com certeza que já está na hora de mudar de método contracetivo. Lembre-se de que esta mudança deve ser feita de uma forma conscienciosa e ajustada a si, não se esqueça que deve ser acompanhada por um ginecologista. Tendo em conta que não se dá bem com a pílula, talvez a solução mais acertada para si é o uso de preservativo e de espermicida, pois assim, não só evita as doenças sexualmente transmissíveis como reduz o risco de gravidez, por exemplo, se o preservativo se romper. Atualmente, existem algumas marcas de preservativos que já trazem incorporados os espermicidas.

Não entendo porque devo tomar a pílula todos os dias

atraso-pilula.jpg

 

"Iniciei a minha vida sexual recentemente, e o meu namorado está sempre a perguntar-me se eu tomei a pílula. Não entendo porque é que tenho de tomar a pílula todos os dias se as mulheres só podem engravidar durante 3 ou 4 dias do mês?"

Susana - Cartaxo

 

Cara leitora,

A questão é saber quais são esses dias. É bastante difícil conseguir prever quando esses dias vão acontecer, apesar de se dizer que é no meio do ciclo menstrual, o corpo da mulher é imprevisível sendo muito fácil que haja alterações na ovulação. Aspetos tão simples como a alimentação, stress ou mesmo a intensidade de um orgasmo podem alterar o ciclo ovulatório, daí a necessidade de tomar a pílula todos os dias para que uma gravidez indesejada não aconteça. Pois usar proteção sempre que se é sexualmente ativo é como usar o cinto de segurança que pode parecer desnecessário, mas um dia pode salvar a sua vida!

 

Gravidez indesejada e menstruação

Eu tive relações sem preservativo, embora usando a pílula, mas estou com receio, pois tenho o peito e a barriga inchada. Neste momento estou com o período, só que pouco e acastanhado. Será que estou grávida?
Ana
Cara Ana,
 
É possível estar grávida e ter menstruação, ou seja, ter perdas de sangue que são confundidas com menstruação: 25% das mulheres grávidas tem o que se pode chamar de “sangramento de implantação”, e muitas delas confundem esse corrimento sanguíneo com a menstruação, e por isso não descobrem que estão grávidas até vários meses após a fecundação. No entanto, como refere ter usado a pílula, mesmo que tenha sido na semana de pausa, a eficácia contraceptiva é grande, superior a 95%, portanto não se deve preocupar. Se quiser tirar as dúvidas, dado que ter o peito e a barriga inchados (o que são igualmente sintomas de menstruação apenas e, em alguns casos, de gravidez).
Lembre-se que utilizar a pílula e o preservativo (a contracepção dupla), para além de ser mais eficaz em relação a gravidezes indesejadas protege-a igualmente das infecções sexualmente transmissíveis.

Engravidar e a Pílula

Eu tomei a pílula, sem interrupções, durante 16 anos e no final de junho deixei de tomar. Neste momento não sei quais serão as probabilidades de poder engravidar normalmente. Tenho 30 anos e não sei se será necessário proceder a alguma consulta.
Angélica
Cara Angélica,
A pílula só tem efeito contraceptivo enquanto é tomada, não prejudica a capacidade reprodutiva de quem a toma. No entanto, se antes de começar a tomá-la não tentou engravidar não sabe o seu nível de fertilidade a priori. Pode tentar engravidar naturalmente, mas seria desejável ir a uma consulta de planeamento familiar antes de começar a tentar sem contracepção, para fazer alguns exames de rotina que se recomendam a futuras mães.

Esquecimentos da Pílula

Já tomo a pílula há mais de um ano, mas no outro dia, depois do período passar, devia ter começado uma caixa nova mas não o fiz, só o fiz ao terceiro dia em que tomei duas, ficando uma por tomar! Não tive relações, mas posso ter? Estarei protegida?
Jacinta
Cara Jacinta,
Pode ter relações sexuais mas deve proteger-se igualmente com preservativo. No seu caso, como não sei que pílula toma, não lhe posso garantir, mas muitas começam a proteger depois de uma semana sem esquecimentos, sem diarreias ou vómitos, nem com outros medicamentos que podem interferir na acção contraceptiva, como anti-inflamatórios ou antibióticos.
Não deixe que os esquecimentos a preocupem tanto e planeie acções que a ajudem a lembrar-se: colocar a nova caixa junto da escova de dentes, pôr um lembrete no telemóvel, pedir ao seu namorado que a lembre no dia, etc. Vale a pena ficar descansada e livre para sentir o prazer da sua sexualidade.

Pílula: tomas e pausas

Eu tomo a pílula e estou neste momento a iniciar a segunda embalagem. A minha dúvida é se a pílula começa a fazer efeito mal se toma ou se é só passado algumas horas. Eu tomei a primeira embalagem sem nenhum esquecimento e sem ocorrencia de diarreias ou vómitos nas três horas seguintes da toma. Fiz a interrupção de 7 dias e tive a mestruação durante esse tempo como estava previsto. Será possivel engravidar ao ter relações sexuais sem protecção logo após tomar o primeiro comprimido da segunda embalagem?
Marisa
Cara Marisa,
Se tomou a primeira caixa e a segunda como refere (sem esquecimentos, vómitos ou diarreias), nem tomou outros medicamentos que possam interferir, como anti-inflamatórios ou antibióticos, então está protegida ao longo desse tempo, mesmo na semana de pausa entre as caixas e depois de uma semana de tomas correctas. Não se preocupe, continue a fazer correctamente a pílula e goze o prazer das suas relações sexuais.
Não se esqueça que apenas o preservativo a protege igualmente das infecções sexualmente transmissíveis, pelo que os dois juntos (contracepção dupla) são a contracepção mais eficaz.

Esquecer a pílula

 

A minha namorada toma anti-concepcional diariamente, porém ela esqueceu-se de tomar 2 dias e tomou ao amanhecer. Tivemos relações sexuais, mas não ejaculei dentro da vagina. Há probabilidades de engravidar? São grandes as chances?
Fábio
Caro Fábio,
As probabilidades de se engravidar não podem ser contabilizadas. Esclareça com a sua namorada quantas horas depois da hora habitual é que ela tomou a pílula, pois esta se for tomada algumas horas depois e a eficácia é ainda mantida. O coito interrompido, o método contraceptivo que refere ter realizado, não é eficaz e tem bastantes probabilidades de engravidar, por isso nestas situações deve utilizar o preservativo e ficar descansado – será bem melhor para o vosso prazer e para a relação sexual.
Veja mais aqui: http://consultoriosexologia.blogs.sapo.pt/tag/coito+interrompido

A Pílula

Desde que comecei uma nova pílula, tenho notado que o meu fluxo menstrual é bastante fraco, com uma duração de 2/3 dias. No mês passado, o período apareceu-me ainda durante a toma da pílula. Este mês o meu período ainda não apareceu. Já estou atrasada 4 dias. Amanhã vou iniciar a toma da pílula. Fiz um teste de gravidez que deu negativo e é muito pouco provável estar grávida já que eu tomo a pílula todos os dias à mesma hora, sem esquecer um dia. O meu namorado usa preservativo. Mesmo assim, estou com medo e não sei o que fazer.
Há mesmo probabilidades de estar grávida? Terei de repetir o exame com mais tempo para garantir uma maior fiabilidade?
Cláudia
Cara Cláudia,

Se estivesse grávida era muito provável que o teste que fez o notasse já. Se tomou a pílula sempre à mesma hora, não toma nem tomou outros medicamentos que possam interferir com a acção contraceptiva, não teve vómitos nem diarreias – então não precisa de se preocupar. Quando se inicia uma nova pílula é normal haver alterações no fluxo menstrual, não se preocupe. Utilizar como está a fazer a contracepção dupla (pílula mais preservativo) é muito eficaz em prevenir gravidezes indesejadas e ainda a protege de infecções sexualmente transmissíveis. Não se preocupe e entregue-se ao prazer da sua sexualidade. Se ainda assim se sentir insegura fale com o seu namorado, vão juntos a uma consulta de planeamento familiar e pense noutras formas de contracepção (implante, adesivos, injecções hormonais, etc.) que a deixem descansada e livre para explorar o prazer das relações sexuais.

O que é a Pílula do Dia Seguinte?

 

“Já por várias vezes tenho ouvido falar da Pílula do Dia Seguinte, mas não sei bem do que se trata. Gostaria de saber se esse é um bom método de contracepção? ”
 
Francisco, Cascais
 
 
 
Caro Leitor,
A Pílula do Dia Seguinte é um método contraceptivo que deve ser utilizado apenas em situações de emergência, por isso não recomendo que o utilize de forma frequente como forma de contracepção. Pode ser utilizada apenas durante as 72 horas após o acto sexual, de modo a prevenir uma gravidez após uma relação sexual desprotegida. Esta pílula ajuda a impedir ou atrasar a ovulação, impedindo a fecundação, isto é, não permitindo que o espermatozóide fecunde o óvulo.
Este contraceptivo não deve ser tomado de forma regular ou como única forma de contracepção, deve ser apenas tomado em caso de risco da ocorrência de uma gravidez e não como uma forma de ultrapassar actos irresponsáveis. Convém salientar que esta pílula tem efeitos secundários e por isso só deve ser tomada em situações de emergência.
 

 

Medo da pílula

Comecei a tomar a pilula Yasminelle. Iniciei no primeiro dia da minha menstruação e não tinha tomado nenhum contraceptivo hormonal no mês anterior, ou seja, estava a iniciar a pílula. Tomei-a sempre sem esquecimentos e por volta da mesma hora (entre as dez e as onze horas da noite).
Na semana passada tomei a última pílula da caixa e iniciei a semana de pausa. Tive logo sinais de sangue e no terceiro dia senti umas dores ligeiras e notei um pouco mais de fluxo (o que acho normal). Só que nesse mesmo dia tive relações sexuais com o meu namorado, mas usamos preservativo e ele ejaculou fora da minha vagina. E para além disso tivemos cuidado ao colocar o preservativo e de ver se se tinha rompido (o que não aconteceu).
A minha preocupação está se pode haver algum risco de ocorrer uma gravidez! Apesar de todos os cuidados não consigo estar descansada e gostava
que a Drª me ajudasse. É normal toda esta preocupação e medo de engravidar? Fico sempre assim.
Susana
 
 
 
 
 
Cara Susana,
 
A sua preocupação é um pouco excessiva para quem toma a pílula correctamente, como me diz (veja mais aqui http://consultoriosexologia.blogs.sapo.pt/tag/p%C3%ADlula) e utiliza preservativo igualmente. A protecção dupla é muito eficaz na prevenção da gravidez indesejada e da transmissão de infecções sexualmente transmissíveis. Repare que na semana de pausa entre as caixas de pílula continua protegida da gravidez indesejada.
A sua ansiedade com a gravidez pode prejudicar a sua capacidade de se entregar ao prazer do sexo, pelo que deve reflectir sobre ela, sozinha e com o seu namorado. Podem optar por ter sexo não penetrativo, em algumas relações sexuais, para ter prazer sem essa preocupação com a penetração.
Pense bem se não se estará a sentir culpada por ter relações sexuais antes do casamento, por exemplo, pois por vezes as mulheres deixam-se influenciar por preconceitos sociais infundados e injustos para com elas. Não ligue a essas ideias feitas e divirta-se na sua sexualidade.