Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Não consigo dormir com ele!”

“Tenho 20 anos e estou a estudar fora da minha cidade natal. Amo o meu namorado e, como eu divido um apartamento com mais duas colegas, ele costuma vir dormir muitas vezes a minha casa. O problema é que tenho uma cama de solteira e não consigo dormir quando ele passa cá a noite. Também não posso trocar de cama, e gosto de passar a noite com ele, mas o que acontece é que acabo por dormir mal porque não encontro uma posição confortável. O que posso fazer?”

 

Mariana, Porto

 

Cara leitora,

A partilha da cama nem sempre é fácil, pois embora a intimidade e o contacto físico sejam essenciais para uma relação amorosa, a divisão do espaço – ainda para mais se tem uma cama de solteira – pode ser difícil de gerir, e o sono é uma das necessidades mais básicas de qualquer ser humano, essencial para que haja saúde e um bom rendimento no dia seguinte. Para além disso, passamos a maior parte do nosso tempo de formação – a infância e a adolescência – a dormir sozinhos, o que faz com que dormir com outra pessoa nem sempre seja assim tão fácil durante os primeiros tempos, pois requer habituação. Assim, em primeiro lugar deve procurar compreender se está confortável com o facto de dormir com o seu namorado, pois a sua inquietação pode ser também resultado de algum tipo de sentimento de culpa (por exemplo, se os seus pais não sabem que ele dorme consigo). Se se tratar de uma questão meramente logística, terão de explorar outras opções. Podem partilhar a cama enquanto trocam carinhos, por exemplo ao verem juntos um filme na cama, ou ao estarem apenas deitados a conversar, mas depois quando for tempo de dormir pode procurar improvisar uma cama, como um colchão ou um saco-cama que possa colocar ao lado da sua cama, e onde ele possa ficar. Podem também organizar-se de forma a que ele passe consigo apenas as noites anteriores a dias de descanso, como o fim de semana, para que dessa forma possa descansar mais no dia seguinte. Existem vários casais que, mesmo tendo camas de casal e uma relação saudável, optam por dormir em camas separadas, precisamente para que ambos possam ter o descanso de que precisam, quando não conseguem conciliar as suas formas de descansar. Podem, também, optar por passar a noite juntos no quarto dele, se houver essa possibilidade e se ele tiver mais espaço. Acima de tudo, é importante lembrar que todas estas questões fazem parte da vida de um casal, e como tal devem ser abertamente discutidas entre os dois para que possam ser solucionadas.