Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Sexo ao telefone… como fazer?”

You Should Try Phone Sex During the Coronavirus Quarantine - InsideHook

 

“Eu e o meu namorado vivemos em cidades distintas e, devido ao confinamento e às restrições de circulação entre conselhos, temos estado mais tempo afastados. Ele já deu a entender que gostava de fazer sexo pelo telefone mas eu sou tímida e não sei como posso fazer isso…”

 

Gabriela, Famalicão

 

Cara leitora,

Em primeiro lugar importa reforçar que nunca deve fazer algo com que não se sente confortável, quer seja porque se sente indiretamente pressionada, quer por imposição explícita de outra pessoa, quer seja porque acha que é aquilo que é esperado de si. em segundo lugar, o sexo ao telefone pode ser estimulante e uma boa forma de superar distâncias e apimentar uma relação, mas requer que haja confiança mútua. Por fim, quanto à sua questão, tudo depende da sua relação: evite ideias pré-concebidas, deixe que a conversa flua nesse sentido, de forma tranquila, como aconteceria se estivessem juntos fisicamente. Faça-o num lugar onde está à vontade e sabe que pode ter privacidade. Pode começar por expressar o que gostaria de fazer com ele se estivessem juntos, sendo o mais descritiva possível, mas sempre sem se obrigar a seguir “um guião”. O que mais importa é a proximidade, deixe que a conversa flua como se estivessem perto. Uma vez que não se vêem nem se tocam, as palavras importam, assim como os sons, a respiração… Tudo aquilo que faça com que se sintam mais próximos. Caso se sintam à vontade podem, inclusivamente, explorar os próprios corpos e ir partilhando aquilo que estão a sentir.