Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

O meu marido engordou bastante e não me apetece fazer amor com ele

homem peso

"Estou casada há 15 anos, e de há algum para cá o meu marido desleixou-se com o seu aspecto físico e tem engordado imenso. Não sei o que devo fazer, pois não me sinto atraída por ele quando ele tem tanto excesso de peso."

 

Maria, Guimarães

 

Cara leitora,

Principalmente depois de uma certa idade não é assim tão fácil mudar o corpo de uma pessoa de um momento para outro… mas também não se pode obrigar ninguém a sentir desejo sexual quando ele não existe. O metabolismo do homem e da mulher sofre alterações com a idade, o que faz com que as pessoas engordem se não reduzirem a quantidade de alimentos que ingerem e se não aumentarem a quantidade de exercício físico que fazem diariamente. Lembre-se que o seu marido está, certamente, tão aborrecido com essa situação como você. Tente conversar com ele de forma carinhosa, tentem "os dois" passar a caminhar juntos de manhã, ou fazer exercício no ginásio. Alterem a vossa alimentação, passando a consumir comida mais saudável, é importante que a leitora participe do processo, para que isso seja um projecto vosso e não uma imposição sua. 

Ela tem namorado e mesmo assim anda comigo

Sinto-me atraído por uma colega de trabalho e sou correspondido. Numa ocasião trocámos algumas palavras e ela propôs-me encontrarmo-nos de vez em quando, mas não me sinto confortável porque ela tem namorado. Será que devo contar ao namorado dela que ela se fez a mim?”

Simão, Lisboa

Caro Leitor,

Apesar de essa ser uma situação desconfortável e claramente incorreta, o leitor não deve contar nada ao namorado da sua colega de trabalho, pois ele não vai acreditar em si e vai acabar por ficar do lado dela. Ela vai dizer que é tudo mentira e que foi o leitor que se fez a ela, o que vai apenas causar problemas para o seu lado. Uma vez que trabalha com ela, tente evitar conflitos, pois qualquer coisa que faça pode acabar por criar problemas para si o que pode ser bastante desagradável.

“Não consigo atrair nenhuma mulher.”

“Tenho 28 anos e sei que não sou muito atraente, e talvez por isso ainda não tenha conseguido arranjar namorada fixa para fazer família. O que devo fazer?

 

Nuno, Lagos

 

Caro Leitor,

 

A nossa sociedade tem protótipos de beleza muitas vezes irreais, nos quais as pessoas buscam a perfeição que só pode na maior parte dos casos ser
atingida através de cirurgias. Esta busca da perfeição faz com que o indivíduo distorça a sua imagem de si próprio e tenha uma auto-estima bastante reduzida, o que resulta, por vezes, em problemas mais sérios. Neste sentido, aconselho-o a valorizar-se mais, de modo a elevar a sua auto-estima e a acreditar mais nas suas potencialidades enquanto homem. Lembre-se que para que os outros passam gostar de si, é importante que o leitor goste de si e não esteja tão permeável à pressão social. De forma a melhorar a sua auto-estima, pense em inscrever-se num ginásio, a adoptar uma alimentação mais saudável e a investir no melhoramento da sua aparência física. Aprenda a acreditar mais em si e a levar a vida com um sorriso nos lábios, essas máximas podem ser óptimas terapias.

“Não sou interessante para os homens”

“Nunca tive um namorado porque eles não me acham interessante, ou bonita. Não sei o que fazer, esta situação deixa-me triste e deprimida. Pode aconselhar-me para que me torne mais bonita?”

                                                                 

 

Adelaide, Ferreira do Zêzere

 

Cara Leitora,

Cada vez mais os meios de comunicação social têm vindo a ter controlo sobre os padrões de beleza da nossa sociedade, que são muitas vezes inatingíveis. Quando olhamos para o ideal de beleza que nos é imposto pela sociedade, é normal que nos sintamos inseguros, mas não devemos nunca esquecer que os modelos e actores são pessoas que dependem da sua imagem para viver e por isso recorrem a maquilhagem, cirurgias, implantes de mama e cabelo, sem contar com dezenas de horas no ginásio. Na vida real as pessoas envelhecem, perdem cabelo, ganham e perdem peso, o que provoca estrias, enfim, tudo aquilo que faz parte do desenvolvimento normal e saudável do ser humano. Existem pessoas que estão obcecadas por esses padrões de beleza impossíveis de atingir, embora a maioria não esteja. Uma das coisas mais impressionantes nos seres humanos é a sua diversidade, por isso não desanime pois nem todas as pessoas podem gostar do mesmo e os gostos variam tal como cada indivíduo. Não se preocupe tanto com julgamentos negativos de certos homens, como por exemplo não a acharem atraente ou com peso a mais, pois existem homens com opiniões diferentes. Porque não começar a pensar positivamente? Comece a ser auto-confiante, e a concentrar-se no que pode fazer para se sentir bem consigo mesma. Aprenda a gostar de si mesma antes de querer que outras pessoas o façam. Assim, quaisquer mudanças que faça na sua aparência
devem ser feitas porque a leitora as quer fazer e não por pressão social. Se quiser inscreva-se num ginásio, o que pode ajudá-la a aumentar a sua
auto-estima. Tenha uma alimentação regular e saudável, vista-se com roupa que a faça sentir-se confiante e saia com amigos. Divirta-se ao máximo, seja bem-humorada e vai ver que começa a ver a vida de uma maneira mais clara.