Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Será que o meu companheiro me vai deixar?”

“Vivo com um homem há 6 anos e há um ano atrás fui submetida a uma cirurgia em que me retiraram a mama esquerda. Não me posso queixar, porque o meu companheiro tem-me ajudado imenso na recuperação, mas acho que ele vai deixar de se interessar por mim
fisicamente.”

 

Maria João, Alenquer

 

Cara leitora,

É bastante normal que um acidente com esse tipo de repercussões interfira na relação do casal, necessitando que ambos os parceiros se adaptem a novos papéis. O processo de adaptação pode ser bastante doloroso e pode demorar algum tempo, sendo natural que tenha dúvidas e receios quanto ao
futuro da sua relação. O mais indicado será partilhar as suas preocupações com o seu companheiro, pois imagino que também ele esteja a sofrer com a situação. Compreendo que esteja receosa mas não deixe que isto os distancie, antes pelo contrário, faça com que esta experiência os aproxime e fortaleça como casal. Quanto a preocupar-se que ele perca o interesse físico ou sexual por si, não penso que isso venha a acontecer pois o facto de ter perdido uma mama não a impede de continuar a ter uma vida sexual satisfatória e activa. Sinta-se feliz por ter um companheiro que a ama e que a está a apoiar nesta fase tão difícil da sua vida. Valorize as suas capacidades e qualidades e não a sua deficiência!

“Desde a histerectomia a minha mulher só pensa em sexo”

 

“A minha mulher fez uma histerectomia há alguns meses atrás e desde então ela não pensa noutra coisa senão sexo. Será que eu já não a consigo satisfazer como antes?”
 
                                                                                                                   Diogo, Évora
 
 
 
Caro leitor
A histerectomia é uma cirurgia na qual o útero e ovários são retirados o que, como imagina, pode afectar a mulher a vários níveis. Algumas mulheres ficam bastante deprimidas sentindo-se menos femininas ou sedutoras do que antes, enquanto que outras mulheres se sentem mais desinibidas e descontraídas a nível sexual, o que parece ser o caso da sua mulher. Para algumas mulheres a cirurgia é um sinónimo de alívio, ou seja, a cirurgia elimina a possibilidade de uma gravidez indesejada e de problemas mais graves como cancro do útero ou dos ovários. Talvez a sua mulher estivesse excessivamente envolvida com problemas de saúde antes da cirurgia fazendo com que o seu interesse em sexo fosse mais reduzido, e agora, uma vez resolvidos esses problemas, ela se sinta descontraída para aproveitar os prazeres do sexo. Celebrem o vosso amor e fortaleçam a vossa relação vivendo uma segunda lua-de-mel.