Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Em sintonia com o orgasmo

1385296702573-orgasmo-cerebral.jpg

 

A ansiedade é um dos maiores problemas relacionados com a dificuldade em atingir o orgasmo. Se estiver totalmente relaxada e entregar-se ao prazer, sem pensar exatamente na hora certa em que deve chegar ao clímax, a sua vida sexual será bastante mais satisfatória. A sensação de prazer nunca deve ser uma obrigação.

 

Não existe o momento certo para atingir o orgasmo, mesmo que anseie que ele aconteça exatamente ao mesmo tempo do seu parceiro. É logicamente um grande prazer conseguirem, através de plena sintonia e cumplicidade, ter a mesma sensação em simultâneo, mas não é menos estimulante assistir ao clímax do seu parceiro, pois é nessa altura que conseguirá estar mais atenta ao desempenho dele.

 

O facto de lhe dar prazer, só por si, proporciona o seu próprio prazer. O mais importante realmente é jamais forçar o orgasmo, ele chegará espontaneamente se conseguir relaxar e entregar-se totalmente. E mais, o facto de não chegar ao orgasmo em simultâneo com o seu par, vai permitir-lhe sentir, por mais tempo, mais excitação.

 

E para que a sua vida sexual seja realmente um sucesso, nada como partilhar todos os seus desejos com quem está ao seu lado, e finalmente quando o orgasmo chegar, liberte-se de todos os preconceitos e demonstre ao outro todo o prazer que está realmente a sentir. Soltar-se é realmente a palavra de ordem na intimidade.

“O que é a ejaculação retardada?”

“Já ouvi falar de ejaculação precoce, mas um amigo meu há dias referiu-se à ejaculação retardada. Como não sabia muito bem do que se tratava não lhe respondi, mas gostaria de saber o que é e o que fazer para que isso não me aconteça.”

Rui, Seixal

 

Caro Leitor,

A ejaculação precoce é vista como um problema, principalmente entre as camadas mais jovens. Contudo, muitos homens experimentaram essa situação já na fase adulta. Actualmente, já é do conhecimento geral que a ejaculação precoce não é tanto um problema físico mas psicológico, causado por estados de grande ansiedade, de stress elevado e de grandes expectativas em relação à própria vida. Quando esta situação acontece, o medo de voltar a suceder e o desejo de agradar à parceira gera uma ansiedade tão grande que faz com que o problema piore. A ejaculação retardada é o oposto desta situação e ocorre com menos frequência. Assim, os homens têm dificuldade em atingir o orgasmo por uma sucessão de causas, as quais podem ser físicas ou psicológicas. Se o homem estiver sob o efeito de bebidas alcoólicas ou estupefacientes estas situações podem ocorrer pelo simples facto destes produtos retardarem os reflexos. Outra das causas possíveis é o homem que atrasa deliberadamente a ejaculação na esperança de a parceira atingir o orgasmo ao mesmo tempo. Claro está que quando a situação chega ao limite já não conseguem reverter a situação em seu favor. Por fim, a preocupação que o homem possa sentir no momento da relação sexual e que, consequentemente, irá dificultar a própria erecção e a respectiva ejaculação. Não existe nada mais sensato, em qualquer caso, que uma boa comunicação entre parceiros para que possam ultrapassar todos os obstáculos que poderão vir a surgir.

“ Não consigo atingir o clímax!”


 

“ Sou casada e tenho uma vida sexual activa, mas de há algum tempo para cá não consigo atingir o orgasmo e não entendo porquê!”

 

 

Ana – Loures

 

 

Cara Leitora:

O facto de não conseguir atingir o orgasmo pode ter várias causas: andar mais cansada do que o habitual, estar a passar por um período de desequilíbrio emocional ou uma crise matrimonial, estar a fazer algum tratamento médico cuja medicação bloqueie os receptores de serotonina no cérebro (o que pode dificultar o orgasmo), ou simplesmente andar a pensar demais nesse problema. O facto de antes de começar a relação sexual pensar que pode não atingir o orgasmo já é meio caminho andado para que isso acabe por acontecer. Liberte-se de todo o stress e preocupações que a rodeiam, procure relaxar bastante, se puder goze um fim-de-semana romântico com o seu marido, e verá como o clímax acabará por chegar.

 

Orgasmo difícil

Tenho uma vida sexual activa há mais de 5 anos, adoro fazer sexo, mas nunca gozei. Sinto um grande prazer quando sou tocada e quando estou fazendo sexo, mas sei que demoro para atingir o orgasmo tanto que nunca cheguei, porquê? Gostaria muito de saber o que eu posso fazer para chegar ao orgasmo? O problema deve estar comigo, tambem gostaria de saber que problema é esse.
Ana Maria
 
Cara Ana Maria,
 
Há muitas mulheres com dificuldades em atingir o orgasmo, principalmente na penetração vaginal. No entanto, pode tentar estimular-se no clítoris (pode ser a Ana ou o seu parceiro ou parceira a fazê-lo antes, durante ou depois da penetração), com sexo oral, com a masturbação utilizando os dedos ou um vibrador…
Há muitas alternativas que deve explorar para descobrir o que a excita mais, demorando-se o tempo que for necessário, sem pressas nem pressões! Não se preocupe em atingir o orgasmo e disfrute o prazer que diz ter no sexo – o orgasmo feminino tem de ser aprendido, leva o seu tempo, pode precisar de intimidade, confiança, amor… Deixe-se levar pelo prazer e pela curiosidade para saber qual é o seu rastilho!