Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“A minha mulher tem pouca lubrificação…”

 

“A minha mulher tem muitas dores durante o acto sexual devido a ter dificuldade em ficar lubrificada. A que se deve essa dificuldade?”

João, Castelo de Vide

Caro leitor,

Algumas mulheres necessitam de mais tempo para atingir uma lubrificação que permita  que o coito seja praticado de forma confortável. Para evitar que a sua mulher tenha dores durante a penetração é importante que ela esteja bem lubrificada antes de inserir o pénis, e isto pode ser conseguido através de
preliminares mais demorados. Use e abuse da sua imaginação para que possa excitar a sua esposa, pois a excitação ajuda bastante no processo de
lubrificação. Esta fase dos preliminares é importante para que se conheçam as zonas erógenas do parceiro de forma a promover uma relação satisfatória.
Experimentem outras posições sexuais, pois algumas posições são absolutamente desconfortáveis para as mulheres, minorando a lubrificação e dificultando a penetração. Pode também recorrer a utilização de um gel lubrificante que pode ser utilizado no sexo vaginal e anal antes da penetração. 

“Durante e após o acto sexual tenho muitas dores na vagina”

“Comecei recentemente a ter relações com o meu namorado, mas cada vez que fazemos amor sinto-me dorida. Ele é muito gentil comigo, tenta sempre não me magoar, mas mesmo assim tenho dores. Isto é normal?...”

 

Cara leitora:

Dor durante e depois do acto sexual pode ter várias origens. Pode tratar-se de uma infecção vaginal (que é bastante comum em mulheres) e nesse caso a fricção causa dor, ou pode ser alergia ao tipo de preservativo que usam. Consulte um ginecologista para ter certeza de que fisicamente está tudo bem consigo. Se esse for o caso, não se preocupe pois é normal sentir dor nas primeiras vezes que tem relações, parece que o seu namorado se preocupa com o seu bem estar, por isso continue a “praticar” pois com tempo e com paciência tudo vai ao lugar.

Dores e falta de vontade

Há 2 anos namoro com um rapaz e há 8 meses tivemos relações sexuais pela primeira vez. Correu bem e com muita cautela, fui ao medico antes, receitou-me exames e orientou-me sobre as sensações que possivelmente iria ter...
Eu já tomava anticoncepcional desde os meus 14 anos, porque a minha menstruação tem um fluxo muito forte. O meu namorado entretanto fez uma cirurgia e passamos mais de dezoito dias sem ter relações e quando o médico dele o permitiu de novo,  eu não sinto vontade nenhuma, nenhum desejo. Quando tentei forçar senti muitas dores e continuo a sentir e sinto que a minha vagina está com um odor diferente, com muito corrimento.
É normal eu sentir essa falta de interesse por ele? Gosto de ficar juntinhos, beijar abraçar, mas quando passa para a parte mais quente peço que pare e tenho vontade de chorar. Tenho medo que seja alguma infecção.
Luísa
 
Cara Luísa,
O seu caso apresenta tantas coisas que deve mesmo falar abertamente com o seu médico para melhor o esclarecer.
O facto de fazer contracepção é positivo, para ficar descansada quanto a possíveis gravidezes indesejadas, mas não a protege de contrair infecções sexualmente transmissíveis e isso pode ainda preocupá-la.
Não sei como reagiu às suas primeiras relações sexuais, se gostou, se se sentiu confortável, como ficaram depois. Não sei a causa da cirurgia do seu namorado e se pode relacionar-se com a sua falta de desejo. Também não sei se a vossa relação sofreu alguma mudança nesses dias em que não tiveram relações. Qualquer um destes factores pode influenciar o seu desejo sexual e a sua vontade de ter sexo.
Reflicta um pouco, sozinha ou acompanhada, sobre o que poderá estar a ter impacto nos seus sentimentos em relação à sexualidade.
No que toca a dores, odores e corrimento tem mesmo de fazer um diagnóstico presencial com um médico, pois pode ter desenvolvido apenas algumas bactérias vaginais (a vagina como mucosa tem uma flora vaginal que pode desequilibrar-se e dar tais sintomas), como pode ter sido infectada com uma infecção sexualmente transmissível e estar a reagir negativamente ao sexo por lhe causar dores.

Leia mais sobre desejo sexual feminino aqui: http://consultoriosexologia.blogs.sapo.pt/tag/desejo+sexual+feminino