Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Perco a erecção durante o acto sexual”

“Tenho erecções normalmente, sinto-me excitado com a minha parceira e temos óptimos preliminares. Mas durante a penetração vou perdendo a erecção. No entanto, se, a partir daí, pararmos e iniciarmos os preliminares novamente, o meu pénis fica erecto de novo. Sinto que em geral os preliminares são melhores que o acto sexual em si. Por causa disso, tenho problemas para ejacular pois demoro demais e nunca ejaculo através da penetração. Como homem, este problema chateia-me muito. O que está errado comigo? O que posso fazer para tentar resolver o problema? O facto de usar preservativo pode atrapalhar o prazer de um homem?”

 

Mário, Setúbal

 

Caro leitor,

Penso que o seu problema é encarar a penetração como um momento de performance, de competição consigo mesmo, de luta interna para mostrar que consegue… Consegue excitar-se antes de ter de enfrentar a situação da penetração e depois, mas no momento exacto deve entrar num papel de espectador de si mesmo, a ver como funciona e o que o seu pénis está a fazer, que o distrai de sentir o prazer e as coisas boas associadas à relação sexual. Descontraia, tenha pensamentos positivos, não se preocupe em perder e voltar a ter erecções – o corpo e a cabeça funcionam mesmo assim e tal pode significar um aumento do prazer para a ua parceira. Se continuar a preocupar-se nas situações sexuais a dificuldade que descreve pode tornar-se num problema em bola de neve, com cada vez mais preocupações. Não há nada de errado consigo e usar preservativo é muito positivo para a sexualidade…pratique um pouco sozinho e na masturbação o seu uso para que não o atrapalhe no momento da colocação. Se o problema persistir, consulte um médico urologista ou de sexologia de modo a resolver o problema desde cedo e ter o prazer a que tem direito.

 

“O que é a ejaculação retardada?”

“Já ouvi falar de ejaculação precoce, mas um amigo meu há dias referiu-se à ejaculação retardada. Como não sabia muito bem do que se tratava não lhe respondi, mas gostaria de saber o que é e o que fazer para que isso não me aconteça.”

Rui, Seixal

 

Caro Leitor,

A ejaculação precoce é vista como um problema, principalmente entre as camadas mais jovens. Contudo, muitos homens experimentaram essa situação já na fase adulta. Actualmente, já é do conhecimento geral que a ejaculação precoce não é tanto um problema físico mas psicológico, causado por estados de grande ansiedade, de stress elevado e de grandes expectativas em relação à própria vida. Quando esta situação acontece, o medo de voltar a suceder e o desejo de agradar à parceira gera uma ansiedade tão grande que faz com que o problema piore. A ejaculação retardada é o oposto desta situação e ocorre com menos frequência. Assim, os homens têm dificuldade em atingir o orgasmo por uma sucessão de causas, as quais podem ser físicas ou psicológicas. Se o homem estiver sob o efeito de bebidas alcoólicas ou estupefacientes estas situações podem ocorrer pelo simples facto destes produtos retardarem os reflexos. Outra das causas possíveis é o homem que atrasa deliberadamente a ejaculação na esperança de a parceira atingir o orgasmo ao mesmo tempo. Claro está que quando a situação chega ao limite já não conseguem reverter a situação em seu favor. Por fim, a preocupação que o homem possa sentir no momento da relação sexual e que, consequentemente, irá dificultar a própria erecção e a respectiva ejaculação. Não existe nada mais sensato, em qualquer caso, que uma boa comunicação entre parceiros para que possam ultrapassar todos os obstáculos que poderão vir a surgir.

“Ele ejacula tarde!”

ejaculaç

 

Enquanto que eu atinjo o orgasmo bastante depressa, o meu marido demora bastante tempo a atingir o orgasmo. Será que estou a fazer alguma coisa errada?”

Inês, Évora

Cara Leitora,

Não se sinta preocupada pelo facto de o seu marido demorar mais tempo a ejacular do que você, pois certamente isso não está relacionado com nada que a leitora esteja a fazer. Cada pessoa demora o seu tempo até atingir o orgasmo e são raras as vezes que um casal consegue atingir o clímax simultaneamente. Existem factores que podem contribuir para que o homem demore mais tempo para ejacular, nomeadamente a toma de medicamentos para a depressão e ansiedade. Alguns destes medicamentos chegam a ser receitados a homens que sofrem de ejaculação precoce. Se o seu marido estiver sob o efeito de algum tipo de medicação, aconselhe-o a consultar o médico e a perguntar quais os efeitos que esses medicamentos podem ter na sua vida sexual. Se necessário, peça ao médico que lhe receite uma medicação diferente. 

Sexo na Terceira Idade

universo-jatoba-sexo-terceira1.jpg

 

Apesar da informação ser, muitas vezes, escassa a verdade é que o desejo sexual, a ereção, a lubrificação ou a ejaculação não terminam à medida que a idade vai avançando.

 

Tanto o homem como a mulher podem ser potencialmente ativos a nível sexual até ao fim da vida. É normal, no entanto, que necessitem de mais estímulos, pois há certamente algumas mudanças fisiológicas que merecem também algumas mudanças a nível de ação. Muitas vezes, é até mesmo o pessimismo ou a ansiedade (de não ser capaz) que geram o fracasso sexual.

 

Existe ainda um preconceito em relação às pessoas mais velhas que deve e tem que ser ultrapassado. E há ainda que ter em conta que se a quantidade de vezes com que pratica sexo diminui com a idade, não significa que o desejo sexual desapareceu.

 

A qualidade deve, nesta altura, passar a ser muito mais importante do que a quantidade, esta sim tão importante para os mais jovens. O homem é potente sexualmente e consegue ter uma ereção até estar vivo, e consegue igualmente ejacular até aproximadamente aos 100 anos.

 

Existe ainda a ideia errada de que a mulher, depois de deixar de menstruar, deixa também de ter desejo sexual. Uma ideia formada na sociedade e que está completamente errada.

 

A menopausa não interfere em nada com o desejo sexual ou com a capacidade da mulher de continuar a ser atraente e sensual. Existem sim, nesta fase, algumas alterações na mulher que se prendem com a redução da lubrificação e da mucosa vaginal, mas que podem ser colmatadas também com o aumento de preliminares antes da penetração, capazes de estimulá-la mais facilmente.

 

Tal como o homem, a mulher pode ser sexualmente activa até ao final da vida. Quando entra na terceira idade, tanto ele como ela só necessitam aprender a explorar melhor o todo o seu potencial sexual!

“Perco a erecção com facilidade…”

 

“A minha mulher não consegue engravidar e eu gostaria de saber se o motivo e que o depois de ejacular o meu pénis não fica erecto. “

 Vasco, Castelo Branco

 

Caro Leitor,

 Adopte uma postura mais tranquila, pois após a ejaculação é normalíssimo não continuar com o pénis erecto, uma vez que os homens têm uma fase após a ejaculação durante a qual não conseguem responder a estímulos sexuais. A esta fase dá-se o nome de período refractário. A duração deste período varia de homem para homem, porém será maior quanto mais idade o homem tiver.

 

O facto de a sua esposa não engravidar não está de forma alguma relacionado com a falta de erecção depois da ejaculação, pois uma vez que se dá a ejaculação, a erecção não é necessária para que a gravidez aconteça. Para que possam esclarecer qualquer dúvida, consultem um médico especializado, pois ele será a pessoa indicada para diagnosticar as causas dessa dificuldade em engravidar. Todavia, enquanto não consultam um médico, mantenham-se
descontraídos, porque a tensão em que ambos se encontram, causada pelo desejo de ser pais, pode ser uma das causas que dificultam a gravidez.  

Ejaculação precoce

Bom dia,

Sou um homem casado há 2 anos e sempre tive problemas com ejaculacao precoce, mas agora adquiri um manual para exercitar o pénis,e esta a ser muito bom , mas o problema e que sempre que
comeco a  masturbar-me nao dura muito tempo.

O que posso fazer para que demore mais tempo?

Será que ando mais sensivel e que por isso chego mais rapido ao orgasmo?

E é verdade que a masturbacao ajuda na ejaculacao precoce?

O que posso fazer para melhorar.

 muito obrigado pela ajuda.

 

A ejaculação precoce é uma perturbação que se caracteriza pela ejaculação com uma estimulação sexual mínima, que surge antes, durante ou pouco depois da penetração e antes que a pessoa o deseje. Há factores a ter em conta que afectam a fase da excitação, como por exemplo, a
idade, a novidade ou a situação do parceiro/a sexual e a pouca frequencia de actividade sexual. O facto de estar longe da sua esposa e nao ter relações sexuais com mais frequência podem de facto afectar o seu desempenho sexual. Experimente um produto retardante em pomada, que pode ser comprado numa sex-shop, para colocar na glande e fazê-lo perder um pouco a sensibilidade peniana (este produto deve ser utilizado em pequenas quantidades e o homem deve colocar um preservativo após a sua aplicação). Se estas sugestões não funcionarem, tente a técnica dos terapeutas sexuais – o “squeeze” – que consiste em parar a estimulação sexual e apertar a base ou freio do pénis
com três dedos (polegar, indicador e dedo médio) antes da ejaculação e por 3 a 4 segundos, o que parará a ejaculação e causara uma redução da erecção. Continue a estimulação e excitação
mútua para voltar a recuperar a erecção. Esta técnica deve ser repetida 3 vezes até permitir a ejaculação. É normal que nas primeiras vezes não seja bem sucedido em conseguir parar a estimulação antes de ejacular, mas deve continuar a tentar. Demora em média 3 semanas, fazendo o exercício 3 ou 4 vezes por dia até que se notem os resultados. Esta técnica pode parecer difícil de executar, pelo que a ajuda de um técnico especializado em sexologia pode ser útil. Não
deve ter medo de recuperar a erecção, como refere, pois esse medo em antecipação é que o deve estar a impedir de a recuperar. É ter tranquilidade e não ser observador da sua relação, mas estar presente a sentir todo o prazer possível. Pode ainda masturbar-se até atingir o orgasmo e a ejaculação umas horas antes da relação sexual (ou na própria relação sexual), para que na
próxima penetração o tempo desta seja mais duradouro.

Apesar destas sugestões úteis, penso que deveria consultar um especialista, que lhe
esclareça esta questão e lhe dê um apoio presencial, pois pode prevenir que
este problema continue e o faça sentir-se cada vez pior consigo próprio e nas
suas relações sexuais. Não tenha vergonha, a ejaculação precoce ou prematura é
muito frequente em homens de muitas idades e tem tratamento.

Terei ejaculação precoce?

 
“Não sei se é por nervosismo, mas quando tenho relações com o meu namorado ejaculo muito rapidamente. Será que tenho ejaculação precoce?”
 
Gonçalo, Sintra
 
Caro Leitor,
A ejaculação precoce é a incapacidade que o indivíduo tem de controlar o acto de ejaculação. Este facto pode estar relacionado com a ansiedade, a baixa auto-estima, e o estado de tensão por querer corresponder às expectativas de uma performance sexual impressionante. Assim sendo, é importante que o leitor tente relaxar durante o acto sexual para que não tenha em mente a obrigação de ter um desempenho sexual extraordinário. Para que possa ultrapassar este problema, é importante que ambos respeitem o espaço de cada um e, essencialmente, vivam a sexualidade sem qualquer tipo de pressão. Experimentem a utilização de um produto retardante na cabeça do pénis. Este produto pode ser adquirido em sex shops e deve ser utilizado em pequenas quantidades, pois tem um efeito anestésico que diminui a sensibilidade do pénis fazendo com que o homem demore mais tempo a ejacular. Se esta técnica não funcionar, experimente utilizar a técnica "squeeze" a qual consiste em parar qualquer tipo de estimulação sexual e apertar a base do pénis com os dedos uma vez que o homem sinta que esta próximo da ejaculação.
 

“Sempre tive dificuldade em manter a ereção…”

“Tenho 49 anos e sempre tive dificuldade em aguentar muito tempo sem ejacular. Agradecia imenso um conselho seu (pois acredito que compreende a minha ansiedade), se há algum medicamento que possa tomar, quer para manter a libido quer para ajudar a reduzir a ejaculação precoce. “

 

António, Covilhã

 

Caro leitor,

Existe uma técnica utilizada muito frequentemente para ajudar a reduzir a ejaculação precoce, pois apresenta resultados muito satisfatórios: é a chamada técnica do Squeeze, também denominada técnica de Compressão. Para pô-la em prática, deve masturbar-se todos os dias sem se deixar atingir o orgasmo, e quando estiver próximo do momento em que acha que vai ejacular, pare, aperte a base do pénis (sem se magoar) com os dedos polegar e indicador, e conte até 5. Depois retome a masturbação. Deve repetir este exercício diário umas 3 ou 4 vezes e só depois deve permitir a ejaculação. Vai ver que se efetuar esta técnica com regularidade, após algumas semanas vai aguentar bastante tempo mais durante a penetração do que agora.

  

 

Como atingir o orgasmo mais depressa?

De há alguns anos para cá tenho notado que levo cada vez mais tempo a atingir o orgasmo, havendo mesmo situações em ele não acontece. Acho isso estranho, pois nunca tive essa dificuldade antes. Será que vou perder a capacidade de ter orgasmos?”

Paulo, Vilamoura

Caro leitor,

essa situação acontece com mais frequência do que imagina. É normal que com o avançar da idade o homem comece a levar mais tempo a atingir o orgasmo, o que por vezes melhora a vida sexual do casal pois dá mais tempo à mulher para atingir o clímax. Essa situação é especialmente vantajosa para homens que sofram de ejaculação precoce, mas não tanto para homens que já naturalmente demorem algum tempo até atingir o orgasmo. Nesses casos o acréscimo de tempo natural da idade pode tornar-se um problema, o que parece ser o seu caso, fazendo com que em certas ocasiões o orgasmo chegue mesmo a não acontecer. Uma possível solução é aplicar um gel acelerador no pénis antes de iniciada a relação. Este gel vai aumentar o fluxo sanguíneo na área genital fazendo com que o homem fique mais sensível à estimulação, e atinja o orgasmo mais depressa. Em alguns casos a incapacidade em atingir o orgasmo, tanto no homem como na mulher, pode ser um efeito secundário de algum medicamento. Se achar que este pode ser o seu caso, consulte o seu médico e explore a possibilidade de ajustar a dose ou mudar de medicação.

 

“Posso engolir o sémen?”

 

 

“O meu namorado adora quando lhe faço sexo oral e gostava que eu engolisse o esperma quando ele atinge o clímax. Será que é seguro fazer-lhe essa vontade?”

 

Cláudia, Santo Tirso

 

Cara leitora,

não existe nenhuma contra-indicação para essa prática. Algumas mulheres gostam de o fazer, mas outras não se sentem à vontade para tal, ou não gostam do sabor do esperma. Fale com o seu namorado e faça-o entender que você poderá recusar, se isto lhe causar algum tipo de incómodo. Tentem os dois chegar a um consenso e desfrutem do sexo de forma desinibida.