Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Não quero que ele ejacule na minha boca!

Embora eu goste de fazer sexo oral ao meu namorado não gosto nada que ele ejacule na minha boca, pois acho desagradável e desconfortável. Há alguma forma de impedir que isso aconteça, sem ter de parar? Como posso prever que ele vai ejacular?

Cláudia, Odivelas

 

 

Cara leitora,

 

Uma vez que não há duas pessoas iguais, a comunicação é o meio mais eficaz para poder evitar algo que lhe desagrada. Não há um tempo definido para um homem ejacular, nem procedimentos a seguir quando se faz sexo oral, e a expressão do prazer varia de pessoa para pessoa. Assim, a melhor forma de antecipar a ejaculação do seu parceiro consiste em prestar atenção aos sinais que ele emite, aprendendo a reconhecer aquilo que precede a ejaculação dele e que poderá identificar através da forma de expressão dele, única e diferente dos outros. Podem, também, estabelecer um código de palavras que ele diz quando está prestes a ejacular. A relação sexual deve sempre trazer prazer aos dois, por isso fale abertamente com ele e esclareça que embora goste de lhe fazer sexo oral não gosta de engolir o sémen, algo que ele aceitará pois também é do seu interesse que você sinta prazer. É importante definirem uma forma de ele a avisar, e também estar atenta à linguagem corporal dele e aprender a interpretá-la, pois o tempo de ejaculação de um homem também varia consoante o seu nível de stress, fadiga, excitação, entre outros.

 

 

“Sempre tive dificuldade em manter a ereção…”

“Tenho 49 anos e sempre tive dificuldade em aguentar muito tempo sem ejacular. Agradecia imenso um conselho seu (pois acredito que compreende a minha ansiedade), se há algum medicamento que possa tomar, quer para manter a libido quer para ajudar a reduzir a ejaculação precoce. “

 

António, Covilhã

 

Caro leitor,

Existe uma técnica utilizada muito frequentemente para ajudar a reduzir a ejaculação precoce, pois apresenta resultados muito satisfatórios: é a chamada técnica do Squeeze, também denominada técnica de Compressão. Para pô-la em prática, deve masturbar-se todos os dias sem se deixar atingir o orgasmo, e quando estiver próximo do momento em que acha que vai ejacular, pare, aperte a base do pénis (sem se magoar) com os dedos polegar e indicador, e conte até 5. Depois retome a masturbação. Deve repetir este exercício diário umas 3 ou 4 vezes e só depois deve permitir a ejaculação. Vai ver que se efetuar esta técnica com regularidade, após algumas semanas vai aguentar bastante tempo mais durante a penetração do que agora.

  

 

“Ele ejacula tarde!”

 

“Enquanto que eu atinjo o orgasmo bastante depressa, o meu marido demora bastante tempo a atingir o orgasmo. Será que eu estou a fazer alguma coisa errada?”
Ana, Évora
 
 
 
Cara Leitora,
 
Cada pessoa demora o seu tempo até atingir o orgasmo e são raras as vezes que um casal consegue atingir o clímax simultaneamente. Por isso, não se sinta tão preocupada pelo facto do seu marido demorar mais tempo a ejacular, certamente isso não está relacionado com nada que a leitora esteja a fazer. Existem factores que podem contribuir para que o homem demore mais tempo para ejacular, nomeadamente a toma de medicamentos para a depressão e ansiedade. Alguns destes medicamentos chegam a ser receitados a homens que sofrem de ejaculação precoce. Se o seu marido estiver sob o efeito de algum tipo de medicação, aconselhe-o a consultar o médico e a perguntar quais os efeitos que esses medicamentos podem ter na sua vida sexual. Se necessário, peça ao médico que lhe receite uma medicação diferente.

“Como é que as mulheres ejaculam?”

 

“Sou um homem de 37 anos sexualmente ativo e interessado em proporcionar o máximo de prazer às mulheres com quem me envolvo. Tenho ouvido falar em ejaculação feminina e gostava de saber exatamente em que consiste.”

 

Sérgio, Braga

Caro leitor,

A ejaculação feminina é um assunto que já provocou alguma controvérsia, porque o fluido em questão é expelido pela uretra após o orgasmo, o que fez com que se pensasse tratar de um descontrolo urinário. Hoje em dia com as pesquisas e estudos efetuados acredita-se que o fluido ejaculado é produzido pelas glândulas de Skene, localizadas perto da uretra da mulher e feitas de um tecido que é semelhante na sua composição à próstata do homem. Embora naturalmente não contenha sémen, o líquido ejaculatório feminino tem semelhanças na sua composição com aquele que é ejaculado pelo homem. As mulheres que experienciam a ejaculação feminina e os orgasmos intensos que geralmente a acompanham sentem um enorme prazer.

“Demoro muito a ejacular…”

 

Tenho 28 anos e demoro muito tempo a ejacular. Gostaria de saber se é normal, acontece apenas de vez em quando, mas é preocupante pois ainda sou muito novo para ter problemas de ejaculação! Sinto-me constrangido pois às vezes a minha namorada perde a lubrificação com a minha demora.”

 

Cláudio, Porto

 

Caro leitor,

O tempo da ejaculação depende de homem para homem e da pessoa com quem está a ter relações sexuais – o que é lento e demorado para uns pode ser curto e rápido para outros. Saiba que uma relação sexual, desde o momento da penetração até à ejaculação e sem contar com os preliminares, dura para a maioria dos casais de 3 a 13 minutos. Conversas públicas muitas vezes criam-nos expectativas irrealistas e podem deixar-nos insatisfeitos com situações perfeitamente normais.

Existe uma perturbação sexual chamada ejaculação retardada, em que o homem sente bastantes dificuldades em ejacular, mas tal deve ser diagnosticado em consultas presenciais e por especialistas em sexologia. Algumas causas desta perturbação podem ser medicamentos que esteja a tomar (como por exemplo alguns anti-depressivos), por isso se for esse o seu caso, consulte o seu médico e explorem a possibilidade de alterar a medicação ou a sua dose. Procurem experimentar novas formas de viver a relação sexual: juntar lubrificante (há de vários tipos, que aumentam a circulação sanguínea, líquidos, pomadas, com diferentes aromas…), ter o orgasmo com masturbação em vez da penetração vaginal, sexo oral, e mesmo a utilização de um vibrador para ajudar a estimular e atingir o orgasmo mais rapidamente - falem um com o outro sobre questões que vos preocupem e possam interferir com o prazer de estarem juntos.

“O orgasmo do homem é igual ao da mulher?”

Gostaria de saber se o homem e a mulher experimentam o orgasmo da mesma forma, sito é, se sentem o mesmo.”

Bernardo, Beja

 

Caro leitor,

Tanto o homem como a mulher sentem prazer quando têm os seus órgãos genitais estimulados. Masters e Johnson realizaram um estudo sobre
o orgasmo e descobriram que homem pode ter de 6 a 9 contracções da zona pélvica durante o orgasmo enquanto que a mulher pode ter de 9 a 12 contracções durante o orgasmo. Os autores não estabeleceram um valor máximo de contracções da zona pélvica durante o orgasmo, mas os números podem variar bastante, pois cada pessoa é um caso único tendo orgasmos de diferentes intensidades. Em regra geral, o orgasmo masculino é acompanhado de ejaculação enquanto que o feminino não. No entanto, existem excepções nas quais os homens podem ter orgasmos sem ejacular e mulheres podem ejacular durante o orgasmo. Outra diferença entre o orgasmo feminino e o masculino é o facto de a mulher poder ter vários orgasmos
múltiplos durante o mesmo acto sexual enquanto que o homem necessita de algum tempo após terminado o acto sexual até que possa recomeçar e ter outro orgasmo.

“O meu marido finge os orgasmos”

“Há algum tempo que tenho tido a sensação que o meu marido finge atingir o orgasmo. O gemer dele e as feições da sua cara não me parecem verdadeiros, embora acabe por ejacular. Como hei de abordar este tema com ele sem que ele fique chateado comigo?”

 

Carla, Gondomar

 

Cara Leitora,

É importante que aborde o assunto com o seu marido, pois se de facto ele está a ter dificuldade em ejacular e atingir o orgasmo ele deve estar a sentir-se bastante preocupado. Faça sugestões... diga que por vezes você não tem a certeza se está a fazer algo da forma que ele mais gosta e que gostaria que ele lhe mostrasse como lhe pode dar mais prazer. Mostre-lhe a sua genuína preocupação pelo assunto, assegurando-o de que é importante para si que ele se sinta satisfeito sexualmente e que está aberta a sugestões para que isso aconteça. Acredite que esta conversa será um alívio para ele pois finalmente terá a oportunidade de lhe dizer aquilo que o preocupa e que o está a impedir de atingir o êxtase.