Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Pequenas fissuras no pénis

 

 

 

 

 

Cordiais cumprimentos!
Desde há cerca de 6/8 meses que, sempre que tenho relações  com a minha companheira, a mesma desde há 3 anos, aparecem algumas pequenas fissuras na parte exterior do pénis, na parte superior da pele que cobre a glande. Durante a relação e à medida que o esforço e a elasticidade do pénis aumenta a pele parece rasgar. Já apliquei algumas pomadas  de que não me lembro o nome e passa.
Se tiver relações com preservativo continua tudo bem. A pomada que referi a minha companheira também aplica com uma espécie de seringa para introduzir na vagina. Não percebo o que se passa. Será um problema de acidez? Ela fez recentemente um papanicolau e estava tudo bem. O que me aconselha?


Obrigado e cumprimentos,


Tiberio
 
 
 
 
Caro Tibério,
 
Recomendo-lhe que marque uma consulta num urologista ou num andrologista, ambos especialistas em problemas sexuais masculinos e do sistema reprodutivo. Pode pedir ao seu médico de família (mostrando-lhe igualmente o que se passa) uma recomendação para consultas públicas ou marcar em consultórios privados.
Não tenha vergonha de pedir ajuda por ser uma questão sexual, muitos homens e mulheres necessitam e devemos mesmo fazer um seguimento de prevenção.
No seu caso, como descreve que as pomadas têm funcionado, recomendo-lhe que as leve consigo à consulta para o médico perceber a sua acção.
Por email, não lhe posso ser muito mais útil, apenas de referir que é positivo que o papanicolau da sua companheira tenha dado resultados negativos e que devem manter o uso do preservativo até verem esclarecidas as suas dúvidas. Assim, poderão aproveitar as relações sexuais e entregar-se ao prazer sem ter dores nem aumentar algum problema que possa existir.

Tema de hoje: casal

(Jerry Clovis)

 

 

 

Vejo em filmes pornográficos e gostava muito de experimentar sexo anal, mas a minha namorada não quer, diz que é sujo e tem medo. Como a posso convencer? Há alguma maneira de lhe explicar que ela até pode gostar e de a levar a fazê-lo?

Diogo
Caro Diogo,
Não o posso ajudar a convencer a sua namorada: tem de ser o leitor a perceber se a relação que têm lhe permite experimentar uma prática sexual nova e se isso faz sentido para os dois. É importante fazer a sua namorada sentir-se respeitada na sua sexualidade, para que aprecie as vossas relações sexuais. O que se vê nos filmes pornográficos não é necessariamente o que as mulheres preferem nas relações sexuais.
Esta prática pode realmente ser dolorosa para a mulher, pelo que estar confiante e excitada, ao mesmo tempo que relaxada, é muito importante para que sinta algum prazer. Como é uma área genital menos flexível que a vagina há mais probabilidades de fazer fissuras ou feridas e devem ter cuidados para que tal não aconteça, pois aumenta as probabilidades de contrair infecções.
Há modos de tornar o sexo anal higiénico e confortável: usar preservativo e lubrificante à base de água, estar bem relaxada, para prevenir problemas no ânus, tentar a penetração depois de um bom período de excitação e se houver penetração vaginal deve ser com um preservativo diferente do utilizado para a penetração anal, nunca deve passar do ânus para a vagina com o mesmo preservativo.
A vontade de ter novas experiências sexuais é saudável para um casal, por isso tente encontrar coisas que vos estimule aos dois: brinquedos eróticos, posições novas, novos lugares – espero que diversifique a sua vida sexual e partilhe o prazer com a sua namorada o melhor possível!