Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Ele tem o pénis muito grande

casal

 

 

Tenho 25 anos, e recentemente comecei a namorar com um rapaz de cor, de quem gosto muito, mas ele tem um pénis muito grande, o que me causa dores durante o acto sexual. Não sei o que fazer pois gosto muito dele.

 

Carina, Vilamoura

 

Cara Leitora,

De facto essa é uma situação desconfortável, e nem sempre fácil de resolver. Muitas vezes os homens preocupam-se com o tamanho do seu pénis, por acharem que este é muito pequeno, e não se lembram que de facto se o pénis for muito grande não há muito a fazer. Os casais que eu conheço que estão na mesma situação que a sua acabam por utilizar um gel lubrificante durante o acto sexual, bem como tentam posições diferentes, que não magoem tanto. Pode também pedir para ele ter cuidado durante a penetração, e colocar a mão à volta do pénis para que este não a penetre de forma tão profunda. Converse com ele e experimente algumas alternativas para ajudar a vossa relação. 

Perder peso aumenta o tamanho do pénis?

Tenho 22 anos e sou gordo. Gostaria de saber se perder peso aumenta o tamanho do pénis, pois agora tenho um pénis muito pequeno.

 

Miguel, São João da Telha

 

Caro leitor,

De facto perder peso ajuda numa série de fatores, sendo o aparente tamanho do pénis uma delas. Ao perder peso vai eliminar o tecido adiposo na zona do abdómen e coxas, que neste momento fazem com que o leitor e a sua parceira não possam ver o seu pénis muito bem. Por isso, ao perder peso o seu pénis vai ter mais espaço para se manifestar, ou seja, vai ser de mais fácil acesso e visibilidade tanto para si como para a sua parceira, fazendo com que pareça maior.

 

“O tamanho é assim tão importante?”

“Nunca me preocupei com estas coisas de tamanho do pénis, nunca me interessei muito sobre isso. No entanto, agora nesta nova relação sinto que para a minha namorada isso é importante e tenho medo de ter um pénis pequeno…”

 

Jorge, Cascais

 

Caro Leitor,

 

Tranquilize-se porque, de facto, se nunca deu importância a este assunto é porque sempre conseguiu proporcionar prazer às suas companheiras. Lembre-se que o que importa não é tanto o tamanho do pénis, mas sim a satisfação de ambos durante o acto sexual. Não se preocupe com essas questões e reduza a ansiedade associada a esta nova relação. Penso que o que está a preocupá-lo será a novidade associada à relação, e talvez o medo de falhar. Concentre-se na relação a dois, procure proporcionar e obter prazer nesta nova caminhada, que ainda agora teve o seu início. Minimize essas questões do tamanho e siga em frente, no entanto, se continuar a sentir-se desconfortável com esta questão fale abertamente com a sua namorada, verá que esta conversa trará frutos.

“Ela diz que o meu pénis é pequeno”

“Depois de ter casado a minha mulher confessou-me que acha o meu pénis pequeno. O que devo fazer para tornar o sexo melhor?…”

 

 

Caro leitor:

Aqui ficam algumas dicas para melhorar as vossas relações sexuais. Estimule mais a sua esposa com preliminares e jogos eróticos, só depois a penetre. Prefira posições de penetração profunda, experimente ter relações sexuais mantendo a pernas da sua mulher fechadas. Pergunte directamente à sua esposa o que ela gosta mais a nível sexual.

“Qual é a posição do pénis?”

 

“Sou um jovem de 17 anos e não sei qual a posição do pénis, porque o meu quando erecto sobe para o umbigo e faz uma ligeira curvinha. Estive com a minha namorada numa relação mais íntima na cama mas só que quando foi para avançar notei que o meu pénis não ficava erecto duma forma contínua, o que me deixou mal e também tem vindo a prejudicar-me. Tenho ainda esta dúvida: o homem teoricamente pode ter relações sexuais quase seguidas, mas questiono-me se há um número máximo de orgasmos para a saúde do homem.

Carlos, Évora

Caro leitor,

A curvatura do pénis depende de homem para homem e não poderei ajudá-lo através de e-mail. Esclareça esta questão com o seu médico de família, se tiver consultas com privacidade, ou vá a uma consulta de planeamento familiar num centro de saúde, pois são gratuitas e um técnico de saúde fará uma observação que o deixará mais descansado. Não adie estas questões, pois elas alimentam a sua ansiedade desnecessariamente.

A questão de erecção contínua está confusa: o que significa contínua para si? No tempo? É normal que a erecção acompanhe a excitação e, como tal, diminua e aumente na sua força ao longo da relação sexual, sem que tal represente uma perda ou deficiência; contínua em linha recta? A sua questão anatómica pode estar a prejudicá-lo no seu prazer por ficar ansioso e entrar num ciclo vicioso de preocupações sobre a sua capacidade de erecção e de virilidade para ter relações sexuais (tem de cortar esse ciclo negativo e deixar-se levar pelo prazer); contínua na intensidade com que a sente? Lembro-o que esta varia ao longo da relação sexual e não deve dar demasiada atenção à observação do pénis – isso fará com que esteja a fazer amor apenas com o seu pénis em vez de com todo o seu corpo.

Quanto ao número máximo de orgasmos masculinos não há absolutamente um número e lembro-o que um homem pode ter várias relações sexuais seguidas, mas com o intervalo do período refractário (última fase da resposta sexual humana chamada período de resolução, em que, depois do desejo, excitação, planalto, orgasmo, o homem perde a erecção e não consegue fisicamente ter uma nova). Este intervalo varia, uma vez mais, muito de pessoa para pessoa e ao longo da vida, pelo que é normal que na adolescência seja muito curto e vá aumentando com a idade e igualmente vá precisando de mais estimulação para voltar a ter erecção, tal como o tempo para atingir o orgasmo aumenta.