Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“Ela acorda-me com sexo oral quase todos os dias!”

“A minha namorada é bastante desinibida a nível sexual, e por isso temos uma vida sexual bastante ativa. Quando dormimos juntos ela desperta-me de manhã fazendo-me sexo oral, será que isto é normal?”

Diogo, Mafra

 

Caro leitor

O leitor diz ter uma vida sexual bastante ativa com a sua namorada, que diz ser uma pessoa desinibida, por isso não vejo nada de mal no cenário que está a descrever. O único problema é se o leitor não gosta de sexo oral ou não lhe apetece ter relações sexuais de manhã, o que sucede com algumas pessoas, e dessa forma se não gosta desse tipo de comportamento explique à sua namorada as suas razões. Por outro lado, se lhe agrada esta forma divertida e estimulante de acordar, aproveite ao máximo o facto de ter uma namorada desinibida.

 

O bê-a-bá do sexo oral

conocimiento-adictamente (11).png

 

1 - Dispa-lhe as cuecas ou boxers com cuidado, puxando suavemente para baixo enquanto lhe vai mordiscando a pele das virilhas e do interior da coxa.

2 – Segure o pénis pela base, com a mão, de forma firme mas sem apertar.

3 – Explore diferentes movimentos, lambendo-o de baixo para cima e no sentido inverso, usando a totalidade da língua ou apenas a ponta.

4 – Páre em diversos pontos e chupe suavemente, mordisque, desenhe círculos com a língua. Deixe que as suas próprias sensações a guiem.

5 – Alterne movimentos lentos com outros mais rápidos e ávidos.

6 – Quando ele já estiver bastante excitado, introduza a cabeça do pénis na boca e acaricie-a com a língua em movimentos vigorosos, subindo e descendo como se estivesse a chupar um Calippo delicioso.

7 – Acompanhe com a mão, agarrando o pénis e subindo e descendo ao ritmo da excitação.

8- Continue a alternar os movimentos, alterne as carícias na cabeça do pénis com outras na base e no freio. Use os lábios e a língua, seja mais cuidadosa quando usar os dentes. Não esteja sempre focada num ponto, é muito mais excitante se deixar o pénis por breves instantes para mordiscar, beijar e lamber as coxas e virilhas, para voltar depois ao "cerne da questão". Não tenha medo de chupar com vigor quando ele está já bastante excitado, mas tenha muito cuidado para não o aleijar com os dentes.

9 – Alguns homens gostam que lhes acaricie os testículos com a mão enquanto lhe faz sexo oral, mas seja cuidadosa pois são órgãos muito sensíveis.

10 – Quando ele estiver quase a ter um orgasmo, olhe-o fixamente nos olhos enquanto a sua boca o mima.

Não quero que ele ejacule na minha boca!

Embora eu goste de fazer sexo oral ao meu namorado não gosto nada que ele ejacule na minha boca, pois acho desagradável e desconfortável. Há alguma forma de impedir que isso aconteça, sem ter de parar? Como posso prever que ele vai ejacular?

Cláudia, Odivelas

 

 

Cara leitora,

 

Uma vez que não há duas pessoas iguais, a comunicação é o meio mais eficaz para poder evitar algo que lhe desagrada. Não há um tempo definido para um homem ejacular, nem procedimentos a seguir quando se faz sexo oral, e a expressão do prazer varia de pessoa para pessoa. Assim, a melhor forma de antecipar a ejaculação do seu parceiro consiste em prestar atenção aos sinais que ele emite, aprendendo a reconhecer aquilo que precede a ejaculação dele e que poderá identificar através da forma de expressão dele, única e diferente dos outros. Podem, também, estabelecer um código de palavras que ele diz quando está prestes a ejacular. A relação sexual deve sempre trazer prazer aos dois, por isso fale abertamente com ele e esclareça que embora goste de lhe fazer sexo oral não gosta de engolir o sémen, algo que ele aceitará pois também é do seu interesse que você sinta prazer. É importante definirem uma forma de ele a avisar, e também estar atenta à linguagem corporal dele e aprender a interpretá-la, pois o tempo de ejaculação de um homem também varia consoante o seu nível de stress, fadiga, excitação, entre outros.

 

 

Rapidinhas

Fotolia_67774782_Subscription_Monthly_M.jpg

 

Sexo oral para a mulher

Porque o amor é dar e receber, peça ao seu parceiro que ofereça um mimo especial. Uma dica: "esqueça-se" da revista aberta nesta página em cima da mesa e deixe que ele a veja quando estiver sozinho. Se não resultar, experimente sussurrar-lhe ao ouvido, com voz quente "quero sentir a tua língua em mim… agora!" ou, numa abordagem menos direta, diga-lhe que adora os beijos dele, e que gostava ainda mais de os sentir noutra parte do seu corpo. Oriente-o e partam à descoberta deste momento tão íntimo e que vos irá dar tanto prazer.

 

Para a levar ao sétimo céu…

* Faça-lhe cunnilingus, é a técnica utilizada nas mulheres. O homem deve começar por acariciar e beijar o corpo a partir da boca e no sentido descendente, ou estando deitado por baixo da mulher e começando por beijar, lamber e cheirar as suas pernas e interior das coxas, usando as mãos para acariciar o exterior das coxas.

* Movimente as mãos ao longo da virilha e acaricie gentilmente os pelos púbicos. As coxas começarão a abrir-se ainda mais com a excitação, revelando os lábios interiores e exteriores da vagina.

* Afaste os grandes lábios e descubra o clítoris, mova suavemente a língua para a frente e para trás, para dentro e à volta da área. Chupe a ponta do clítoris delicadamente.

* Insira um dedo dentro da vagina, depois lubrificando a área do clítoris com saliva, continue a lamber. Varie a velocidade.

 

Beijo à "francesa"

Peça ao seu mais-que-tudo que repita "em baixo" exatamente o mesmo que faz com a sua boca…

"Gelado do amor"

Peça-lhe que imagine que está a comer um cornetto e que a sua língua reproduza os mesmos movimentos de quando está a lamber o fundo do cone de bolacha…

Espasmos de prazer

Quer seja ao lamber, quer seja ao chupar, as diferenças de intensidade e de ritmo provocam espasmos de prazer.

Quente e frio

Soprar ar quente, afastar-se da entrada da vagina e soprar ar frio.

Intenso

Com a língua, entra e sai da vagina ou da parte interior dos lábios, "penetrando-a".

Ingerir esperma faz mal?

Boa tarde,

Tenho duas questões para as quais gostaria de ser esclarecida, se possível.

  1. Faço sexo oral frequentemente e gostaria de saber se engolir o esperma faz mal.
  2. Tenho 46 anos e entrei na menopausa. Desde Setembro último que não tenho
         menstruação. Ultimamente tenho relações sexuais sem protecção. Será que
         corro algum risco?

Desde já agradeço uma resposta a estas 2 questões.

Cumprimentos

Maria José

 

Cara Maria José,

 

O esperma é constituído por espermatozóides (os gametas masculinos), líquido prostático (como o próprio nome diz, líquido produzido pela próstata), líquido seminal (da vesícula seminal) além de ácidos ascórbico, cítrico, úrico, láctico e pirúvico; contém também frutose, potássio, colesterol, ureia, magnésio, zinco e vitaminas B12, E e C. Não lhe faz mal à saúde engolir, embora seja importante
saber que o vírus do VIH/SIDA pode ser transmitido de tal maneira, pelo que deve evitar engoli-lo, especialmente se a pessoa a quem está a fazer sexo oral nunca fez um teste e lho mostrou.

Em relação às relações sexuais desprotegidas, se o risco de engravidar é diminuto, por estar na menopausa e dar sinais de não fazer a ovulação, o risco de contrair infecções sexualmente transmissíveis não diminui, pelo que lhe recomendo que utilize preservativo nas relações sexuais e se certifique que este está bem colocado

Tema de Hoje: Sexo Oral

 “Imagino que o pénis do meu companheiro é um alimento”

 

“Sempre que tenho relações sexuais com o meu companheiro, tenho tendência para imaginar que o seu pénis é um alimento e que é ingerido pelos dois com muita satisfação. Existe explicação para o facto de só conseguir atingir o orgasmo desta forma?”

Carla – Barreiro

 

Cara Leitora,

Como deve calcular todas as pessoas têm fantasias, sejam elas de que tipo forem, principalmente a nível sexual. Quando somos transportados para o mundo da fantasia, tudo é possível e não existe qualquer tipo de regras ou responsabilidades, apenas satisfazemos todos os nossos desejos, sem que ninguém nos acuse. As fantasias são situações idealizadas que temos liberdade de inventar e que, na realidade, são quase sempre impraticáveis ou difíceis de atingir. No entanto, os efeitos que elas provocam no nosso pensamento é estrondoso e a nossa vida sexual fica ao rubro. Existe uma ligação directa entre as fantasias sexuais e o aumento do desejo, ou seja, a Libido. Quantas mais fantasias sexuais tiver maior será o seu desejo de as ver realizadas. É, por assim dizer, um acessório sexual que, além de ser muito eficaz, não tem custos adicionais, os pensamentos são seus e não existem regras. Deste modo, a maioria dos indivíduos, tem uma fantasia sexual que lhes garante a satisfação sexual, isto é, o atingir do orgasmo, seja ele por relação sexual com o parceiro ou por masturbação. Deste modo, por onde quer que os seus pensamentos voem, um dos seus destinos é, quase sempre, um lugar onde possa dar asas a um sexo escaldante.

 

“A minha namorada quer cunnilingus antes do coito”

“A minha parceira sexual pede–me para fazer cunninlingus antes de termos relações sexuais, porque isso a excita imenso, eu até gostava de lhe fazer, se soubesses o que é…”

 

 

Caro leitor:

Cunnilingus é o mesmo que sexo oral. Ou seja é o sexo praticado com a boca e o órgão sexual (feminino ou masculino). Agora que já sabe o que é divirta-se a excitar a sua namorada sugando-a e lambendo-lhe  vagina e clítoris. Vai ver como poderá ser bom para os dois.

“Pede-me para lhe fazer cunnilingus…”

“Às vezes, antes de termos relações sexuais, a minha namorada pede–me para fazer lhe cunnilingus antes de termos relações sexuais. Ela diz que isso a excita imenso, e eu até gostava de lhe dar esse prazer, mas muito sinceramente não sei o que é…”

 

José, Almancil

 

Caro leitor,

Cunnilingus é a designação para sexo oral, ou seja, é o sexo praticado com a boca e o órgão sexual (feminino ou masculino). Converse com a sua namorada e peça-lhe que ela o vá guiando e lhe vá explicando o que mais a excita. Satisfaça os seus pedidos e deixe-se levar. Agora que já sabe o
que é, divirta-se a excitar a sua namorada, vai ver como poderá ser bom para os dois.

Kama Sutra - Sexo oral

 

"Adhara-sphuritam - o beijo palpitante

 

"Com as pontas dos dedos, aperta delicadamente os lábios arqueados da sua casa do amor, muito devagar, e beija-os como se beijasses o seu lábio inferior."

“O meu namorado não quer fazer sexo oral…”

 

 

 

“O meu namorado já me fez uma vez sexo oral, o que me deixou completamente excitada, e gostava que ele o repetisse, mas cada vez que lhe peço para o fazer diz-me que não. Porque será que ele tem tanta aversão ao sexo oral?”

Carla, Bragança

 

Cara Leitora,

Os homens são bastante diferentes entre si, tendo preferências sexuais também diferentes. Sexo oral é algo que requer bastante confiança e cumplicidade entre parceiros. O mais indicado a fazer na sua situação é perguntar ao seu namorado o que é que ele não gostou da vez que o fizeram, e tentar evitar que isso volte a acontecer. Não deverá obrigá-lo, mas deve dizer-lhe que poderá parar assim que o desejar.