Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

“ Ela gosta mais do vibrador do que de mim!”

“No Natal ofereci um vibrador à minha mulher para ela se entreter enquanto eu vou em viagens de trabalho. Agora mesmo quando eu estou cá noto que ela gosta mais do vibrador do que de mim...”

 

 

Caro leitor:

Relembro ao leitor que um vibrador é um mero diapositivo eléctrico para estimular os órgãos sexuais. Concerteza a sua mulher gosta mais de si do que de um objecto. Talvez a nível sexual ela prefira o vibrador, por isso mude de táctica. Comece a excita-la mais, a dar-lhe mais carinho, e a procurar saber o que ela mais gosta a nível sexual. Partilhe com a sua esposa as suas inseguranças.

“Os vibradores são seguros?”

 

 

 

 

 

“Quero comprar um vibrador, mas tenho receio de que não seja seguro. Devo confiar?”
 
Tânia, Vila Nova de Gaia
 
 
 
Cara Leitora,
Quando utilizados de forma correcta os vibradores não devem acarretar quaisquer perigos, no entanto, a sua utilização pressupõe algumas regras de segurança e de higiene. Deste modo, é necessário ter a percepção de que os vibradores após serem utilizados devem ser correctamente limpos para que se possam evitar contaminações bacterianas. É importante referir que nem todos os vibradores são para ser introduzidos na vagina ou no ânus. Assim sendo, é importante conhecer especificamente a funcionalidade do vibrador e seguir as suas regras de utilização. Os vibradores podem ser adquiridos nas sex-shops, ou pode escolhê-los através de catálogos da especialidade. Caso queira aprimorar o seu conhecimento sobre estes objectos deve comprar livros ou filmes que lhe dêem a conhecer a sua versatilidade.
 

“ Quero comprar um vibrador mas não tenho coragem”

“Ultimamente tenho pensado em comprar um vibrador, o problema é que me sinto nervosa ao pensar que tenho de entrar numa sex-shop. Existe uma perto da minha casa, mas tenho vergonha de ir lá. O que devo fazer?...”

 

Cara leitora:

Essa é uma pergunta muito válida pois a descoberta de “novos territórios” é sempre fonte de ansiedade e nervosismo. Aconselho-a a procurar informação sobre a loja perto da sua casa, observe a clientela que frequenta a loja (pois queremos que vá a uma loja em que se sinta segura). Ao fazer esta observação vai aperceber-se de que você não é a única mulher interessada neste tipo de produtos. Quanto a sentir vergonha, lembre-se de que muitas pessoas que entram na loja têm as mesmas questões que a leitora tem. E quando decidir comprar o seu vibrador, entre e escolha o que mais gostar, se tiver dúvidas pergunte ao funcionário da loja, pois eles assistem clientes 8 horas por dia, 5 dias por semana.!!!!

Ah! E divirta-se!!!!

Segredos do orgasmo

o-ORGASM-facebook.jpg

 

Não há receitas infalíveis para o prazer, pois cada pessoa segue um percurso único e pessoal. Dê largas à imaginação e liberte-se, experimente variar os toques, as pressões e o tipo de carícias e descubra o que lhe proporciona prazer e de que forma.

 

Algumas mulheres gostam mais de se masturbar com um vibrador, com a palma da mão, uma almofada… pode, ainda, experimentar massajar esta zona com água tépida quando está no chuveiro, masturbando-se no duche, para explorar novas formas de desfrutar do prazer.

 

 Quanto mais excitada estiver e quanto mais desejar o orgasmo mais forte ele será. De um modo geral, os orgasmos durante a masturbação são mais intensos do que com a penetração, porque com o pénis dentro da vagina esta não consegue contrair-se tanto nos espasmos de prazer.

Nunca atinjo o orgasmo!

  

Tenho muito prazer ao fazer amor com o meu namorado, fico muito excitada, lubrificada, mas nunca atinjo orgasmo. Porque será?

Maria

Cara Maria,

Existem mulheres que tem uma disfunção orgásmica, ou seja, sentem a excitação e lubrificação durante o acto sexual mas não chegam a atingir o orgasmo. Aconselho que experimente a auto-masturbação, pois dessa forma vai poder explorar o seu corpo e descobrir o que mais gosta. Pode também experimentar a utilização de um vibrador na zona do clítoris, o que costuma levar ao orgasmo em poucos minutos.

Boa sorte e divirta-se.

 

“Só me apetece usar o vibrador”

“Comprei um vibrador há umas semanas e desde essa altura que quando me apetece ter um orgasmo o utilizo. Agora, sempre que a minha companheira me procura já não me apetece ter relações. Estarei viciada no vibrador?”

Ágata, Lourinhã

 

Cara Leitora,

Este seu comportamento não significa que deixou de gostar da sua companheira e passou a gostar apenas de ter orgasmos com o vibrador, significa apenas que aprendeu que existem outras formas de ser estimulada sexualmente. É muito natural que após alguns anos de relacionamento o interesse sexual vá diminuindo. Para que tal não aconteça, é necessário renovar a vossa vida sexual dando asas à vossa imaginação e criatividade. Como a utilização do vibrador é algo muito recente para si é normal que se sinta entusiasmada e que queira experimentar novas sensações. Inclua o vibrador na sua vida sexual, seja arrojada e abra a sua mente para novas aventuras. Não tenha medo de experimentar, pois verá que as coisas só vão melhorar.

 

Os Mistérios da Masturbação Feminina

MASTUR~2.JPG

 

Entre elas costuma ser um assunto proibido, mas a verdade é que as mulheres também se masturbam, simplesmente não confessam.

 

Não é um assunto típico das suas conversas, tão natural entre quase todos os homens. A mulher masturba-se exatamente pelas mesmas razões que o homem: obter prazer!

 

Porém, enquanto o homem não se envergonha do ato e consegue até fazê-lo com "assistência", a mulher não quer ajuda para masturbar-se e prefere fazê-lo sozinha, sem "público".

 

Elas não costumam excitar-se a olhar para fotos ou vídeos, a hora da masturbação, para o sexo feminino, é uma viagem solitária, em que atingir o prazer de olhos fechados é uma das melhores técnicas.

 

É através da masturbação que pode descobrir as suas verdadeiras fontes de prazer e na hora do sexo com o parceiro tudo pode ser ainda melhor. Tocar-se ensina-lhe a perceber a força ou a suavidade necessária que precisa para atingir um orgasmo.

 

A masturbação feminina ainda é vista por muitos homens como algo negativo e, muitas vezes, eles até se sentem inseguros com esta situação, pensando que as suas parceiras têm fantasias com outros.

 

Contudo, a verdade é que este exercício é muito positivo para as mulheres, e ajuda a melhorar a intimidade do casal. Se ela não souber encontrar prazer em si, mais dificilmente será retribui-lo ao outro. A masturbação permite à mulher prestar mais atenção a si mesma e não esperar sempre que seja o companheiro a fazer algo para atingir o clímax.

 

Existem várias técnicas de masturbação feminina, sendo que a mais clássica é a estimulação do clítoris e da vagina. Para ajudá-la a obter prazer, use lubrificantes nesta hora, pois mais facilmente atingirá o orgasmo. Utilizar brinquedos sexuais, como por exemplo um vibrador, pode também tornar-se um dos métodos eficazes para obter prazer.

 

A masturbação feminina é também uma forma de procurar vencer a anorgasmia (dificuldade em atingir o orgasmo) e explorar o seu corpo é a melhor receita para conseguir ter com o seu marido ou namorado uma sexualidade plena.

“Quero comprar um vibrador”

 

“Tenho 22 anos e tenho curiosidade a respeito de vibradores, e gostaria de comprar um, mas não sei como.”
 Sofia, Braga
 
 
 Cara leitora,
A compra de um vibrador não deve ser motivo de vergonha, pois milhões de mulheres em todo o Mundo compram e utilizam vibradores como parte da sua vida sexual. O motivo pelo qual tantas mulheres compram vibradores é que apenas 25% das mulheres atingem o orgasmo através da penetração, por isso o vibrador é a forma ideal para estimular o clítoris e causar o orgasmo em poucos minutos. Experimente visitar uma sex shop na sua cidade, e quando estiver na loja teste a vibração do vibrador na ponta do nariz, e se essa sensação for muito intensa, então deve escolher um vibrador mais fraco. O mais comum é o “Bullet”, um vibrador pequeno em forma de ovo, ou bala. Os vibradores não necessitam ter uma forma fálica, uma vez que a maioria das mulheres não utilizam o vibrador no interior da vagina, mas sim no clítoris. Se sentir vergonha pode também comprá-los na Internet, dessa forma não necessita sair da sua casa para o fazer.

“Já estou farta do vibrador!...”

 

 “Tenho uma relação estável com outra mulher há já 4 anos. Procuramos sempre animar a nossa vida sexual e experimentar coisas novas, há uns meses comprámos um vibrador, que temos utilizado desde então. Acontece é que eu já estou farta e ela continua a insistir em usá-lo.”
Soraia
 
 
Cara Leitora,
O uso de objectos que proporcionem maior diversão nos momentos de intimidade e diminuição da rotina são sempre saudáveis. Actualmente, é bastante normal que casais tanto homossexuais como heterossexuais visitem sex-shops à procura de novas formas para dinamizar a vida sexual e fugir à rotina. Todavia, não tem de consentir no uso de objectos ou em brincadeiras com as quais não está de acordo. Não é legítimo que a sua companheira exija a sua participação em práticas sexuais que não são do seu agrado, por isso, converse com ela e mostre-lhe que a vossa sexualidade apenas resulta se ambas concordarem e tiverem motivação para participar nas aventuras eróticas. O sentido de obrigatoriedade fará com que a leitora, progressivamente, vá perdendo a vontade de estar intimamente com ela. Mostre-lhe que prefere partir à descoberta de outras coisas e que nesse sentido a vossa performance sexual apenas beneficiará com isso, principalmente se estiverem ambas empenhadas.
 

“Encontrei um vibrador na casa da minha namorada…”

“Tenho 24 anos e namoro há 3 com uma rapariga que amo. Temos um relacionamento feliz a todos os níveis e sempre achei que a nossa relação sexual era muito boa, pelo que fiquei muito surpreendido quando, na semana passada, encontrei um vibrador no quarto dela. Será que eu não a satisfaço sexualmente?”

 

Manuel, Espinho

 

Caro leitor,

A resposta para a questão que colocou varia de mulher para mulher, e por essa razão é fundamental que fale com a sua namorada de forma frontal e honesta, evitando criar mal-entendidos e dúvidas que podem não ter razão de existir. Existem mulheres que gostam de se masturbar com um vibrador mesmo quando estão totalmente satisfeitas com os seus parceiros ou parceiras, sendo que tal não significa que não se sintam plenamente bem com a pessoa com quem estão. A masturbação é uma forma de expressão sexual que não substitui, mas antes complementa, o relacionamento sexual entre dois parceiros. Converse abertamente com a sua parceira acerca do assunto e veja o que ela lhe diz, podem inclusivamente começar a utilizar o vibrador quando estão juntos, descobrindo uma nova dimensão na vossa relação sexual.