Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Consultório de Sexologia

Profª Drª Helena Barroqueiro

Tema de hoje: Fantasias

O meu namorado ultimamente tem-me pedido para que eu depile a zona púbica por completo, mas eu não sei se lhe devo fazer a vontade.

                                                                                                                  Teresa

Cara Leitora,
E de louvar o bom relacionamento que a leitora mantém com o seu namorado, uma vez que ele se sente à vontade para lhe revelar as suas fantasias e preferências a nível sexual. No entanto, é importante que ambos os parceiros estejam de acordo com o acto, o que não parece ser o caso, pois a leitora parece estar um pouco indecisa. Neste sentido, antes de tomar qualquer decisão em relação a esta fantasia, ou a qualquer outra que o seu namorado sugira, pense no seu bem-estar primeiro e se está disposta a realizá-la ou não. A leitora não deve fazer nada com que não se sinta à vontade. No caso de depilar a sua zona genital por completo, a vantagem é que a depilação não é definitiva, por isso a leitora pode experimentar e ver como se sente, se não gostar da sensação, espere que os pêlos voltem a crescer e não o faça novamente de futuro.

 

 

 

 

 

 

Fantasias Sexuais

 

 

As fantasias sexuais são comuns nos seres humanos, e fantasiar sobre sexo nada mais é do que um recurso natural para alcançar o prazer sexual combinando o corpo e a mente. De acordo com especialistas, as fantasias sexuais possuem vários objectivos, entre os quais aumentar o prazer da actividade sexual, funcionar como substituto da experiência real, induzir à excitação ou ao orgasmo, funcionar como um ‘ensaio mental’ para experiências sexuais posteriores, e fornecer um meio seguro e controlado de experimentar o sexo sem culpa ou constrangimentos. Um dos aspectos mais interessantes das fantasias sexuais é que estas permitem que tanto homens como mulheres se libertem de tabus e experimentem na sua imaginação várias situações sexuais além do limite da realidade, dando um novo sabor ao acto sexual. Existem também casos em que os casais podem partilhar e até mesmo realizar algumas das suas fantasias sexuais, o que contribui para o aumento da cumplicidade entre o casal.